Furacões e terremotos são como as dores de parto, diz Max Lucado sobre fim dos tempos

O pastor e escritor afirma que a Bíblia apresenta algumas respostas diante das catástrofes.

Fonte: Guiame, com informações de Gospel HeraldAtualizado: segunda-feira, 11 de setembro de 2017 17:10
O pastor afirma que a Bíblia apresenta algumas respostas diante das catástrofes. (Foto: Reprodução)
O pastor afirma que a Bíblia apresenta algumas respostas diante das catástrofes. (Foto: Reprodução)

O Texas foi atingido por fortes tempestades. Moradores da Flórida fugiram de um furacão maior do que seu estado. Um intenso terremoto tomou regiões do México. Diante deste cenário caótico, o pastor e escritor Max Lucado afirmou que a Bíblia apresenta algumas respostas.

“Os desastres naturais podem nos surpreender, mas não surpreendem a Deus. O aumento da frequência de calamidades naturais são como as dores de parto de uma gravidez”, disse Lucado, fazendo referência ao texto bíblico de Lucas 21:27-28, que retrata a volta de Jesus Cristo.

O pastor acredita que mais do que nunca, este é o momento dos cristãos se colocarem em oração. “Tira sua atenção da crise e, por alguns minutos, celebre Deus. Quanto mais você olhar para o problema, mais ele cresce. No entanto, quanto mais você olhar para Deus, mais rápido o problema é reduzido”, afirmou.

“Você não ganha nada colocando seus olhos sobre as calamidades. Você ganha tudo fixando seus olhos no Senhor”, acrescentou Lucado, com base no trecho do Salmos 121:1.

O pastor ainda incentivou cristãos a orarem com a convicção de que Deus está no controle. “Do céu, o nosso bom Deus está supervisionando este mundo tempestuoso. Podemos não conseguir ver o seu propósito ou plano, mas o Senhor do céu está no trono e no controle das nossas vidas”, disse ele.

“A tempestade está chegando, mas Deus está conosco. Olhe ao redor e veja quem você pode ajudar. E olhe para o Deus que te ama. Você pode confiar o seu futuro a Ele. Você pode confiar sua própria vida e Ele”, destacou Lucado.

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame