Ex-homossexual conta como a igreja o ajudou a se livrar do suicídio: “Recebi muito amor”

Andrew Caldwell ficou conhecido após seu testemunho sobre a homossexualidade ter se espalhado pela internet.

Fonte: Guiame, com informações do Christian PostAtualizado: quarta-feira, 12 de setembro de 2018 14:23
Andrew Caldwell tentou tirar a própria vida várias vezes, mas recebeu apoio de sua igreja e de seus irmão em Cristo. (Foto: Reprodução)
Andrew Caldwell tentou tirar a própria vida várias vezes, mas recebeu apoio de sua igreja e de seus irmão em Cristo. (Foto: Reprodução)

Cerca de quatro anos atrás, o jovem Andrew Caldwell ficou conhecido na internet através de um vídeo que se tornou viral, no qual ele conta ter sido libertado da homossexualidade. Agora, ele revelou que está namorando uma mulher e sonha em construir uma família.

"Agora eu me sinto atraído por mulheres. Eu não me sinto mais atraído por homens. Eu estou liberto disso", declarou em uma recente entrevista.

O vídeo foi gravado em 2014, na 107ª Convocação da Igreja de Deus em Cristo, em Missouri (EUA), onde Caldwell testemunhou: "Não sou mais gay. Sou liberto! Não gosto mais de homens", exclamou durante as orações. "Eu não namoraria mais um homem, eu não usaria mais uma bolsa, eu não usaria mais maquiagem".

Em entrevista à página BET, Caldwell explicou como Deus mudou seu estilo de vida enquanto ainda fazia parte da igreja.

"Eu sempre participei da igreja durante toda a minha vida, mas eu ia só para clamar a Deus e depois eu dormia com algum homem. Mas naquele dia, a homossexualidade saiu de mim", disse ele.

"Eu fui para a oração, peguei o microfone e o pregador perguntou: ‘O que você quer que Deus faça?’, conta. "Na manhã em que acordei, Deus me disse para ir a uma loja. Fui e comprei uma gravata borboleta, jaqueta e tudo o mais. Eu senti paz naquele dia".

"E eu disse: 'Eu não sou mais gay. Eu sou libertado. Eu não gosto mais de homens’. Eu fui para casa e disse: ‘Senhor, usa-me porque eu quero ser usado’. Eu comecei a receber muitas mensagens na minha página do Facebook”, relatou.

“No momento eu pensei: ‘Algumas pessoas da igreja me seguindo, que legal’. Então, quando acordei, as pessoas estavam batendo à minha porta para me entrevistar", disse ele.

Suicídio

Caldwell disse que ficou chocado quando disseram que o vídeo de seu depoimento se tornou viral. "Eu disse que a igreja me fez viver. Na época, parecia que eu era uma farsa. Eu não estava pronto para isso. Eu não estava pronto para ser jogado no centro das atenções. Eu queria me matar, mas recebi amor dos meus amigos em Cristo que me deram força", explicou ele.

Caldwell revela que tentou tirar a vida várias vezes. Ele também afirma que passou a sofrer assédio de pessoas que não acreditavam que ele havia sido totalmente libertado. "Havia pessoas da igreja que diziam coisas como: 'Achamos que você havia sido libertado, mas eu ainda vejo esse espírito. Venha para a igreja no domingo, nós queremos tirar mais espíritos de você’”, observa.

O jovem diz estar lutando contra as críticas que quase o levaram ao suicídio, mas tem grandes expectativas para o futuro. "Sim, eu tenho uma namorada. Não se surpreenda quando tivermos o nosso casamento. Não fique surpreso quando tivermos pequenos Caldwells andando por aí", finalizou.

Siga-nos

Mais do Guiame