Estudante cristão supera meta de doações para morador de rua: "Deus me inspirou"

O morador de rua abordou o estudante em uma lanchonete. Karlos ofereceu mais que alimento, mas a oportunidade de trabalhar e ter sua própria renda.

Fonte: Guiame, com informações do diário do NordesteAtualizado: terça-feira, 14 de março de 2017 20:22
"Eu espero que isso possa influenciar outras pessoas a fazerem o mesmo", diz o estudante. (Foto: Reprodução).
"Eu espero que isso possa influenciar outras pessoas a fazerem o mesmo", diz o estudante. (Foto: Reprodução).

Um jovem cristão, estudante de jornalismo em Fortaleza (CE) iniciou uma campanha para arrecadar R$ 500 com o objetivo de comprar uma carroça de reciclagem (feita com o corpo de uma geladeira) para um morador de rua identificado como “Seu Luciano”. A campanha estava no ar desde janeiro deste ano e tinha atingido apenas 10% da meta. Mas, após a iniciativa ser noticiada no portal de notícias “Diário do Nordeste” (DN), o jovem teve uma surpresa.

A notícia da campanha foi publicada na tarde da última segunda-feira (13). Na noite desse mesmo dia, a meta foi atingida. Karlos Aires diz que o que sentiu: “É um sentimento de extrema alegria. Por dois motivos. Por saber que agora o Seu Luciano vai poder parar de pedir dinheiro e vai ganhar a própria grana para sustentar a família. E também por ver um engajamento tão forte das pessoas. Isso mostra que quando nos unimos por uma boa causa, podemos mudar aquela situação”, comentou em entrevista para o DN.

Agora, além de doar o dinheiro para o “veículo”, o estudante, responsável pela movimentação, deve criar uma poupança para o beneficiado. Até o início da tarde desta terça-feira, o valor arrecadado era de R$ 1.065, além de mais R$ 690 em boletos pendentes. O montante representa 213% a mais da meta.

"Seu Luciano é morador de rua. Ele tem 50 anos, uma esposa e uma filha de 1 ano e 4 meses que moram na rua com ele. Conheci seu Luciano em uma lanchonete e ele me pediu um sanduíche para levar para sua esposa e filha, pois ele havia passado o dia andando", diz a descrição no site Vakinha Online.

"Perguntei a seu Luciano se ele não poderia trabalhar e parar de pedir (ele contou que não gostava de pedir aos outros). Ele disse que daria para trabalhar com reciclagem, mas uma carroça para recolher o material custa R$400. Eu disse que iria promover uma campanha na internet para arrecadar esse dinheiro e comprar a carroça", informa.

Seu Luciano tem 50 anos, uma esposa e uma filha de 1 ano e 4 meses que moram na rua com ele. (Foto: Reprodução).

A Bíblia como inspiração

Karlos conta que a inspiração para realizar a campanha veio da Bíblia. “Eu realmente acredito nisso. Que nós podemos mudar a situação da nossa cidade. Do nosso estado, do nosso país. O sucesso da campanha foi a confirmação de algo que sempre me influenciou muito. O exemplo de um homem que se disponibilizou para fazer boas coisas, Isaías. Deus disse a ele: ‘A quem enviarei, e quem há de ir por nós?’ Isaías respondeu: “Eis-me aqui, envia-me a mim” (Isaías 6:8)”, explica.

“Assim como Isaías disse ‘Eis-me aqui’, eu quero dizer isso todos os dias para Deus. Muitas vezes esperamos que o outro faça, mas Deus nos capacitou para fazer boas coisas. Eu espero que isso possa influenciar outras pessoas a fazerem o mesmo. Ter a atitude de ajudar os menos favorecidos”, pontuou.

O universitário explica como deverá dar os próximos passos. “De primeiro, pensei em criar uma conta poupança e depositar o excedente lá e entregar pra ele. E para aproveitar, queria mediar uma conversa com ele e um profissional da economia para que ele pudesse receber dicas de como investir bem esse dinheiro. Como morador de rua, ele não tem um ambiente seguro pra guardar esse dinheiro e nem para administrar ele. Por isso, pensei na poupança”, disse.

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame