Escola combate violência de gangues com evento de oração, no Canadá

A diretora diz que desde a inauguração, em 2018, oração, adoração e cultos têm sido os pilares fundamentais da escola.

Fonte: Guiame, com informações do CHVN RadioAtualizado: terça-feira, 23 de novembro de 2021 12:09
Alguns alunos da Freedom International School. (Foto: Freedom International School / Facebook)
Alguns alunos da Freedom International School. (Foto: Freedom International School / Facebook)

Para combater a violência de gangues na cidade canadense de Winnipeg, uma escola decidiu discutir o tema com as famílias dos estudantes. A situação estava provocando abalos emocionais e medo entre os alunos.

Francine Wiebe, diretora da Freedom International School, explica que em 2019, houve um grande aumento na violência armada em Winnipeg. “Quando os alunos vieram para a escola, eles ficaram bastante abalados. Em uma reunião de família na escola, um de nossos jovens adultos estava tremendo e chorando por causa da violência."

Foi nesse ponto que a equipe decidiu realizar um período de 72 horas de oração e jejum. Depois, o evento tornou-se anual.

"Este ano decidimos ir de segunda a sexta-feira e orar todas as manhãs antes da aula. Tínhamos várias igrejas se juntando a nós, incluindo The Wave, Anchorpoint Church, bem como Grant Memorial Baptist Church", disse Francine.

Os funcionários da escola, junto com membros da comunidade e alunos interessados ​​se reuniam todas as manhãs das 7h00 às 8h30. Desde o evento deste ano, eles se encontram todas as manhãs de segunda-feira.

72 horas de oração

"Nosso foco estava totalmente no aumento da violência em Winnipeg. Chamamos isso de ‘Gangues, armas e nossa juventude, uma conversa pela paz em Winnipeg”, revela Francine.

A diretora diz que a ideia por trás do evento era fazer a pergunta: 'O que podemos fazer como corpo de Cristo em Winnipeg no que diz respeito à violência e para trazer paz à nossa cidade?'. O evento ocorreu de 10 a 12 de novembro.

"Correu tudo bem", disse Hannah Cavey, diretora do coral da escola. “Com a Covid havia algumas restrições, o que significava que poderíamos abrigar apenas 60 pessoas em nossa capela. A maioria dos nossos participantes eram virtuais, então tínhamos que ter uma capacidade de transmissão ao vivo”.

Hannah diz que o evento só foi possível por causa da Vineyard, Encounter Life Ministries, The Wave e seu pai, que voou do Tennessee para gravar o evento todo.

"O evento de um dia inteiro foi no Dia da Memória. Claro, tivemos um tempo para lembrar as mortes pela guerra e violência em nosso mundo, mas, especificamente, lembrar e observar as vidas perdidas devido à violência de gangues e armas de fogo em Winnipeg."

Deus se movendo

A Freedom International School começou este ano letivo em uma posição precária.

“Como funcionários, ouvimos: 'Não há dinheiro para salários. Você ainda quer se juntar a nós?'”, dizia Cyndi Wiebe, professora de design gráfico e arte da escola. "Pelo que sei, todos ainda aderiram. Em meio à crise financeira, Francine disse em suas orações que sempre ouvia Deus dizer 'siga-me'".

Este tem sido o título de sua oração matinal e tempo de adoração: ‘Perseguindo a Deus. Como a equipe tem buscado a Deus, Ele tem aparecido continuamente’.

“Nosso contador me mandava uma pequena nota dizendo 'agora podemos pagar a todos o salário deles até o final deste mês'”, testemunhou a diretora. "Nós o anunciaríamos em uma reunião de equipe e todos aplaudiriam. Deus simplesmente fornece continuamente."

No primeiro dia do evento de oração de 72 horas, a escola recebeu um presente.

Capela da Freedom International School, onde aconteceu o evento 72 horas de oração. (Foto: Freedom International School / Facebook)

"Em 10 de novembro, recebemos um cheque de US$ 80.000 que ajuda a concluir a construção do nosso laboratório de ciências. É um grande alívio para nós e uma grande bênção", declarou Francine.

Todos estão convidados para os horários da caminhada de oração às segundas-feiras pela manhã.

“Está fazendo a diferença. Estamos vendo as habilidades acadêmicas das crianças aumentarem”, diz Francine. "Um menino passou do nível de leitura da 2ª série em poucos meses para o nível de leitura da 5ª série. Eu realmente acho que não são apenas nossos professores incríveis, mas também o melhor professor de todos os tempos, o Espírito Santo."

A escola só foi inaugurada em 2018 e, desde o início, oração, adoração e serviço foram os pilares fundamentais de acordo com o diretor.

Siga-nos

Mais do Guiame