Denzel Washington conta o que Deus tem falado a ele: “Apascenta as minhas ovelhas”

O ator conta que, em suas orações, a mensagem é muito clara. “É isso o que Deus quer que eu faça”.

Fonte: Guiame, com informações de Christian PostAtualizado: quinta-feira, 23 de setembro de 2021 15:10
Denzel Washington foi eleito o melhor ator do século XXI pelo jornal The New York Times, em 2020. (Foto: Andrew Kelly/Reuters)
Denzel Washington foi eleito o melhor ator do século XXI pelo jornal The New York Times, em 2020. (Foto: Andrew Kelly/Reuters)

O ator Denzel Washington, eleito recentemente como o melhor ator do século XXI, pelo New York Times, revelou o que Deus lhe disse para fazer na próxima temporada: “apascentar ovelhas”. Ele revela que essa é a mensagem que tem ouvido constantemente.

“Aos 66 anos, acabando de enterrar minha mãe, fiz uma promessa a ela e a Deus, não apenas de fazer o bem da maneira certa, mas de honrar minha mãe e meu pai pela maneira como vivo minha vida e o resto dos meus dias nesta Terra”, disse durante conferência de homens cristãos.

Denzel participou, no sábado (18) do “The Better Man Event”, organizado pela Primeira Igreja Batista em Orlando, na Flórida (EUA), onde disse ao seu mentor espiritual, o pastor AR Bernard, do Centro Cultural Cristão em Brooklyn, Nova York, sobre os planos de Deus para ele. 

“O mundo mudou”

Segundo o ator, Deus tem falado claramente a ele. “Em cada oração, tudo que eu ouço é: 'Apascenta as minhas ovelhas.' É isso o que Deus quer que eu faça. E estou aqui para servir, ajudar e prover”, disse.

Ele admitiu que, muitas vezes, sua resposta é: “O que isso significa?”. Porém, ele mesmo acrescentou: “O que descobri nos últimos dois anos é que existem todos os tipos de ovelhas. É por isso que converso com pastores experientes para ajudar a me guiar”, contou.

“O mundo mudou. Qual é o nosso papel? Força, liderança, poder, autoridade, orientação e paciência são um presente de Deus para nós como homens. Temos que cuidar disso, mas não abusar”, aconselhou. 

 Durante o evento, Denzel queria que o público soubesse que, apesar de seus personagens redentores na tela, ele suportou suas próprias batalhas ao escolher viver para Deus. 

“O que eu faço nos filmes não é quem eu sou, é o que eu faço”, enfatizou. “Não vou  ficar em pé em nenhum pedestal e dizer algo para você, quando eu mesmo estou lutando por mim”, ponderou.

“A fama é um monstro”

“A Bíblia diz que, nos últimos dias, seríamos amantes de nós mesmos”, mencionou ao citar as selfies como uma forma de liderar nas redes sociais. “Estamos dispostos a fazer qualquer coisa. A fama é um monstro”, observou.

“Cada um tem seu caminho para trilhar, seja famoso ou não. Todos nós temos nossos desafios individuais. Pode parecer clichê dizer isso, mas o dinheiro não torna ninguém melhor. A fama apenas amplia os problemas e as oportunidades”, continuou.

Denzel passou a compartilhar orientações para homens que buscam o sucesso. “Espero que as palavras da minha boca e a meditação do meu coração sejam agradáveis ​​aos olhos de Deus, mas eu sou humano. Sou exatamente como você. O que eu tenho não vai me manter nesta Terra por mais um dia”, disse.

‘Levante os pesos da fé’

O ator reconhece a importância de inspirar as pessoas, então, ele as encoraja a seguir em frente, sem medo. “O medo nada mais é do que a fé contaminada”, comparou. 

Ao usar a academia como paralelismo, ele disse que é necessário "levantar os pesos da fé”. “Você pode se machucar e por isso querer desistir, mas precisa se reabastecer todas as manhãs”, incentivou.

Ele também confessou que, embora tenha dinheiro e estrelato, o que descobriu é que sempre precisa reservar um tempo para aprender. 

Em entrevista ao Christian Post, em 2017, Denzel compartilhou uma parte de seu testemunho cristão, dizendo que quando ele tinha 20 anos, recebeu uma profecia de que viajaria pelo mundo e pregaria para milhões de pessoas. “E meu trabalho tem sido esse”, confirmou.

“Minha mãe disse, quando eu tinha 59 anos: “Denzel, você tem que fazer o bem da maneira certa e você sabe do que estou falando — e desde então eu não bebo mais. Eu prego a mensagem, na medida em que a conheço, e não tenho vergonha e nem medo de compartilhá-la”, enfatizou.

“Portanto, não tenha medo e nem vergonha de compartilhar [o Evangelho] de uma maneira que a sua geração entenda”, concluiu o ator que tem usado suas redes sociais, regularmente, para inspirar as pessoas e compartilhar a Palavra. 

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame