Cubano que escapou do comunismo se converte após ter visão de Jesus: “Ele me salvou”

Eddie Ramire escapou do comunismo de Cuba na operação “Voos da Liberdade”, em 1967. Mas não conseguia escapar de seu vício em drogas, até ter um encontro sobrenatural com seu Libertador.

Fonte: Guiame, com informações do God ReportsAtualizado: quinta-feira, 15 de julho de 2021 20:05
Eddie Ramire foi liberto do vício em cocaína e hoje é pastor. (Foto: Reprodução/CBN News).
Eddie Ramire foi liberto do vício em cocaína e hoje é pastor. (Foto: Reprodução/CBN News).

Na infância, Eddie Ramire foi resgatado junto com os pais do comunismo de Cuba na operação “Voos da Liberdade”, em 1967. O menino cubano imaginou que a nova vida na liberdade dos Estados Unidos o faria desfrutar de um ambiente familiar mais saudável e feliz. Mas não foi isso que aconteceu.

O pai de Eddie era agressivo e zangado e não desenvolveu um relacionamento com o filho. Logo depois, seus pais se divorciaram, deixando um vazio no pequeno Eddie.

Como um escape para seu ressentimento e ausência de amor paternal, o menino começou a se envolver em brigas com as crianças da vizinhança, se destacando como um “valentão”. Os meninos mais velhos, que pertenciam a gangues, perceberam o comportamento de Eddie e o aliciaram para o crime.

O jovem cubano se agarrou na aprovação masculina que uma gangue lhe proporcionava e começou a prosperar na criminalidade. “Eu precisava de alguém que me aceitasse porque fui enganado. Eu precisava de alguém que fosse mais velho do que eu para me aceitar, me abraçar e dizer: 'OK, você é parte disso’”, contou Ramire, à CBN News.

O jovem havia conseguido clientes importantes e ricos no tráfico de drogas. Entretanto, o vazio de seu coração não foi preenchido pelo ilusório poder no crime e o jovem buscou satisfação nas drogas.

Foi quando Eddie se viu preso na própria droga que vendia, a cocaína. “Você está sempre perseguindo aquele primeiro pico. Me levou a um ponto sem volta. Eu não conseguia parar. Não há como eu parar”, relatou.

Ramire estava tão fora de controle que sofreu um acidente de moto e quase foi morto por um caminhão. Com a experiência de quase morte, o jovem traficante começou a refletir sobre o rumo que estava dando para sua vida.

Depois de se recuperar, Eddie foi a igreja a convite de um amigo cristão. Mas seu coração endurecido não se abriu para o Evangelho. “Eu pensei: não há nada aqui para mim. Não estou ganhando dinheiro aqui. Eu preciso sair e ganhar dinheiro”, contou ele.

Somente depois de sobreviver a tiros na cabeça, que o jovem se arrependeu da vida de perdição que levava.

“Fiquei enojado ao ver que ficava acordado a noite toda usando drogas. Meu nariz estava se desmoronando. A cocaína é uma droga que, uma vez que você começa a consumir, não tem mais volta. Eu estava desesperado por uma maneira de sair desse vício”, disse Eddie.

A visão da porta estreita

Então, a mãe do jovem o convenceu de buscar ajuda e se internar num centro de reabilitação, onde teve um encontro sobrenatural com Jesus.

“Lembro-me de uma noite em que estava em meu quarto e recebi a visita de quem acredito ser o Senhor Jesus”, afirmou ele. Segundo Eddie, na visão Jesus disse que se realmente ele quisesse mudar de vida teria que passar por esta porta.

O jovem relata ter visto uma porta muito estreita, da qual brilhava uma luz forte. “Quando passei pela porta, todo o fardo que estava em mim, tudo o que estava lá, todos os meus problemas, tudo simplesmente sumiu de mim. Assim que entrei por aquela porta, minha vida mudou. Ele me salvou na hora certa”, lembra.

Eddie foi liberto do vício das drogas imediatamente e a partir daquele dia viveu uma nova vida em Cristo Jesus. “Deus literalmente tirou completamente o vício da minha vida. Ele fez o trabalho imediatamente”, testemunha o ex-traficante.

Eddie Ramire recebeu o amor paterno de Deus, que tanto ansiou receber. Hoje, ele pastoreia uma igreja na Flórida (EUA).

“Eu era uma pessoa tão má que eu não conseguia entender porque Deus me salvaria. E o Senhor cuidou de mim. Ele cuidou de mim quando eu precisei de alguém, quando eu precisei de um pai”, confessou Eddie.

 

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame