Cristãos se reúnem para realizar culto ininterrupto por 50 dias, próximo à Casa Branca

O evento, realizado nas próximidades da Casa Branca começou no dia 15 de setembro deste ano e terminará no dia 4 de novembro.

Fonte: guiame.com.brAtualizado: terça-feira, 14 de outubro de 2014 19:51
Cristãos se realizam culto ininterrupto por 50 dias, próximo à Casa Branca
Cristãos se realizam culto ininterrupto por 50 dias, próximo à Casa Branca

Cristãos se realizam culto ininterrupto por 50 dias, próximo à Casa BrancaCristãos de todos os 50 estados dos EUA se reunirão em Washington DC, até o próximo mês (novembro) para terceira edição do evento anual "Tenda de Davi", que se estende por 50 dias, com música e adoração.
 
O projeto é baseado o livro de Crônicas, quando o rei Davi mandou fazer uma tenda fora de seu palácio para abrigar a arca da aliança.

O evento, realizado nas próximidades da Casa Branca começou no dia 15 de setembro deste ano e terminará no dia 4 de novembro. Bandas de todo o país apoiam a iniciativa, liderando momentos de louvor durante os 50 dias.
 
Jason Hershey fundou o evento em 2012. Segundo ele o projeto é "é uma canção de amor para o coração do Pai, com duração de 1.200 horas no total este ano".

"A questão em jogo aqui é a valorização de Jesus como Ele deve ser valorizado, este é um culto de adoração 24/7, que vai durar 50 dias, simplesmente porque Jesus é digno dele. Davi, até mesmo como um jovem pastor, compreendeu que Deus era o que havia de mais importante para a sua vida!", explicou Hershey.
 
Além da música, há também momentos de oração e ministração da Palavra na programação do evento.
 
"O que nós introduzimos este ano na Tenda de Davi foi plataforma de Esdras: uma área onde as pessoas podem vir e ler em voz alta a partir da Palavra de Deus dentro de nossos primeiros 10 dias, em que se proclamou durante todo o tempo do Gênesis ao Apocalipse, e agora estamos lendo novamente, dia e noite, junto com canções de adoração", disse o idealizador do evento.
 
Com informações do Christian Head Lines

*Tradução por João Neto - wwww.guiame.com.br 

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame