Cristãos que debatem assuntos teológicos nas mídias sociais não são bíblicos, diz pastor

"Esses crentes estão se contradizendo [quando dizem que algo é pecado nas mídias sociais]", disse o pastor Chris Durso.

Fonte: GuiameAtualizado: sábado, 11 de outubro de 2014 21:41

As mídias sociais frequentemente são palco para debates teológicos entre cristãos, que apontam suas diferentes visões sobre temas polêmicos. Para o pastor Chris Durso, da igreja Christ Tabernacle Church of Queens, de Nova York, esta é uma prática não bíblica.

"Recebo milhões de tweets e posts do Instagram, e a única coisa que me mata é que nada disso é bíblico. Ninguém responde às críticas no amor como a Bíblia nos diz para fazer", disse Durso. 

Durso diz que os cristãos que criticam qualquer coisa nas mídias sociais estão agindo contra si mesmos e contra o corpo, se engajando no pecado. "Esses crentes estão se contradizendo [quando dizem que algo é pecado nas mídias sociais]", disse ele. "A Bíblia fala muito mais sobre isso do que qualquer uma das coisas que você está me acusando. As pessoas que escrevem em blogs e tweets, realmente fazem o que não é bíblico."

Ele falou sobre as instruções que a Bíblia diz sobre como lidar com um irmão em erro e como os cristãos são instruídos a aproximar-se deles em particular. "Eu não sei de onde os cristãos tiraram a ideia de usar as mídias sociais como uma plataforma para debates", criticou. "Como faço para lidar com eles? Mas além disso, eu os amo."

 

Com informações de Christian Post
www.guiame.com.br
 

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame