Criança de 5 anos sobrevive a acidente e vê Jesus na UTI: “Ele disse que ia me proteger”

Brett sofreu um acidente doméstico nos EUA e teve ferimentos graves. Enquanto estava no hospital, ele viu Jesus em sua cama.

Fonte: Guiame, com informações da CBN NewsAtualizado: terça-feira, 10 de agosto de 2021 17:22
Brett Castleberry foi atropelado por um cortador de grama e teve os braços feridos. (Foto: 700 Club)
Brett Castleberry foi atropelado por um cortador de grama e teve os braços feridos. (Foto: 700 Club)

Em um fim de tarde, depois de um dia de trabalho, David Castleberry saiu para cortar a grama do quintal e mandou seu filho, Brett, de 5 anos, para dentro de casa. Ele estava passando o cortador debaixo de uma casa de brinquedo quando percebeu que havia algo errado.

“Eu empurrei a casinha de brinquedo para onde eu ainda não tinha aparado e o cortador de grama tentou desligar”, relatou David ao 700 Club. “Eu olhei e tudo o que vi debaixo do cortador eram os crocs do Bob Esponja. Todo o corpo [do Brett] estava entre as rodas e o deck.” 

No mesmo instante, David tirou o cortador de grama de cima do filho e se desesperou ao ver a quantidade de ferimentos causados em seu corpo. Ele chamou uma ambulância e pediu a ajuda de seus vizinhos, Tim e Janice Helms.

“A primeira coisa que vi foi o rosto do Brett, que estava coberto de sujeira e lama”, conta Janice. “E quando olhei para baixo, foi quando vi os braços dele. Parecia que não tinha sobrado nada. Foi horrível, parecia uma cena de filme de terror.”

David teve queimaduras de segundo grau ao tirar o cortador de cima de Brett, mas isso não era o que mais o machucava. “Ele ficava dizendo: ‘Eu matei meu filho’”, lembra Janice. Enquanto isso, o garoto se preocupava: “Como está meu pai? Ele está muito machucado?”, relatou Tim.

Depois de socorrer o filho, David ligou para sua esposa, Pam, para contar a notícia. A caminho do hospital, ela chamou as pessoas para orar. “Eu postei no Facebook: ‘Por favor, orem pelo Brett, ele sofreu um acidente horrível’. Aí eu recebi centenas de respostas e todos compartilharam no Facebook”, conta. “Se espalhou, literalmente, como um incêndio.”

Brett foi levado às pressas para o Hospital St. Joseph e depois foi transferido para o Hospital Infantil de Arkansas, nos Estados Unidos, para uma cirurgia de emergência. Os médicos chegaram até mesmo a cogitar amputar os braços de Brett até os cotovelos, por causa da gravidade dos ferimentos.


Pam e David Castleberry com o filho, Brett. (Foto: 700 Club)

Jesus visitou o hospital

O menino foi internado na UTI e lutou para se recuperar do trauma. Foi no leito do hospital que o garoto teve uma visão de Jesus — e a expressou com a inocência de uma criança.

Brett estava tremendo muito por causa dos nervos e, por isso, foi colocado em uma cama maior. Seu pai se deitou ao lado dele, mas logo foi impedido. “Pai, levanta”, disse Brett. “Por que?”, perguntou a mãe. “Jesus quer deitar”, explicou o garoto.

A mãe se emocionou com a resposta do filho: “Deus não enviou anjos, Ele enviou Jesus para protegê-lo”, afirmou Pam. 

Brett se estabilizou, mas ainda precisaria passar por mais cirurgias e continuar internado por pelo menos um mês. Ele teve diversos ossos quebrados, uma artéria e nervo cortados, além da perda de tecido. 

O progresso de Brett excedeu as expectativas de todos, incluindo dos médicos. “Eles nos disseram para planejarmos passar pelo menos 30 dias no hospital, e 12 dias depois o levamos para o carro”, disse David.

Nos meses seguintes, Brett passou por mais cirurgias reconstrutivas e enxertos de pele. Os médicos duvidaram que seu braço voltaria a funcionar normalmente, mas seus movimentos voltaram. Para a medicina, o garoto é um milagre.

“Eles encontraram pedaços do osso dele no quintal”, disse Pam. “Mas nas radiografias, não há osso faltando. Mas ainda havia pedaços de osso no meu quintal, então de onde eles vieram?”

Por fim, Brett revelou que Deus disse a ele algumas coisas: “Que Ele ia colocar uma pele nova nos meus braços e que Ele iria me proteger”, contou. “Ele me faz sentir como se eu tivesse alguém que está sempre comigo”.

Hoje, Brett é um menino normal e cheio de energia e sua coisa favorita a fazer é passar um tempo com o pai. David e Pam aprenderam muito sobre Deus por meio de sua experiência, mas a lição principal foi confiar.

“Deus pode não impedir que algo aconteça, mas Ele pode te ajudar a superar o que quer que aconteça”, diz David.


Brett Castleberry hoje é uma criança saudável. (Foto: 700 Club)

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame