Conheça os 10 tipos de igrejas mais influentes do século passado

Em seu livro, Elmer L. Towns fala sobre as dez igrejas mais influentes do século passado e como elas impactam as igrejas atuais.

Fonte: Guiame, com informações de Charisma NewsAtualizado: quarta-feira, 4 de fevereiro de 2015 18:55

 

De alguma maneira, todo cristão quer que sua igreja seja influente na realização da obra de Deus. Elmer L. Towns fala sobre as ‘Dez igrejas mais influentes do século passado: como elas impactam você hoje’ no livro que leva este título.

Igreja Pentecostal/ Movimento Carismático: Ainda que você não se identifique com essa abordagem ao cristianismo, você precisa saber que cerca de 1 em cada 4 cristãos no mundo se identificam com ela.

O movimento pentecostal começou em igrejas voltadas a pessoas pobres, e foi criticada como herege por muitos cristãos tradicionais. O movimento explodiu quando, em 1906, um avivamento eclodiu em uma igreja da Rua Azusa, localizada na periferia de Los Angeles, Califórnia. Pessoas de todo o mundo foram até o local para serem tocadas pelo Espírito Santo, e, em seguida, levava a unção para suas igrejas, que por sua vez tocou o mundo. Hoje, as maiores igrejas do mundo são pentecostais.

Igrejas Domésticas na China: Nas últimas décadas, um dos maiores movimentos da igreja no mundo tem sido a igreja subterrânea na China, que é multiplicada sem supervisão estrangeira, seminários, estrutura denominacional e sem edifícios. Eles não têm nenhum dos bens físicos que encontramos no Cristianismo da América, mas eles se maravilham com o que Deus tem feito.

Ministérios de louvor e adoração: Sempre que há um avivamento entre o povo de Deus, inevitavelmente, há também uma nova expressão de louvor. Ninguém pode duvidar da influência explosiva da música gospel através das igrejas do mundo. Um exemplo disso é a Hillsong, localizada inicialmente em Sydney, na Austrália. Darlene Zschech, que era uma líder de louvor na igreja, trouxe lágrimas aos olhos de muitas pessoas com suas canções.

Evangelismo da mídia: A partir de 1900, muitas igrejas entraram um ministério de rádio. Em 1950, muitas outras igrejas entraram em um ministério de televisão. Talvez nenhuma foi tão eficaz quanto Jerry Falwell e a ‘Hora do Evangelho’. Falwell fez mais do que pregar; ele também usou a TV para discutir as causas da igreja, e criou programas de ensino.

Igreja Batista: Se tornou a maior denominação protestante nos Estados Unidos, tendo como membro alguns famosos e personalidades políticas. O exemplo mais ilustrativo aconteceu no Texas, onde o Dr. WA Criswell organizou os membros para construir a maior igreja na América, expandindo suas classes da escola dominical. Como resultado, a igreja cresceu.

Igrejas Multiculturais e Multiétnicas: Enquanto os Estados Unidos tem lutado para superar sua história de escravidão e discriminação racial, muitas igrejas abriram o caminho e tem acolhido todas as tribos, nações, povos e línguas. Hoje, as crianças cantam na escola dominical: "Vermelho e amarelo, preto e branco, eles são preciosos aos olhos de Jesus, que ama as criancinhas do mundo".

Igreja da Coreia do Sul: Em 2007, a Igreja Central do Evangelho Pleno, em Seul, na Coreia do Sul chegou a 760 mil membros, quando o seu pastor, David Yonggi Cho, se aposentou e deixou o comando para o pastor Yong-hoon Lee. Esta igreja não foi construída por um evangelismo em massa, grandes congressos, rádio, televisão, ou outros meios de comunicação. Em vez disso, 35.000 pequenos grupos que se reuniam em salas de estar, quartos de lavanderia, restaurantes e salas de ginástica, produziram crescimento paralelo ao mundo. Yonggi Cho disse: "Assim como o corpo físico cresce pela divisão de suas células biológicas, o corpo espiritual de Jesus Cristo cresce pela divisão de suas células espirituais".

Igreja da Pregação Educacional: A história da pregação revela que a maioria dos sermões eram formados por três tópicos, estruturados um poema. Mas Cyrus Scofield foi o homem que mudou o foco dos sermões.Ele trouxe uma metodologia educacional para sua igreja no Dallas, Texas. Seu ensino da Bíblia se tornou um padrão no Seminário Teológico de Dallas, e influenciou grande parte do mundo evangélico, que deixou de usar o sermão de domingo como um púlpito motivacional, mas passou a ensinar a Palavra de Deus.

Novos métodos e novos programas: As igrejas se esforçaram para incorporar a nova geração em sua cultura tradicional. O jovem não pensa como seus pais, não se veste como seus pais, não canta como eles, não come como eles, nem sonha como eles. A Igreja Calvary Chapel, apresentou a mensagem de Jesus Cristo em um novo pacote. Muitos jovens se converteram e foram chamados de "Povo de Jesus". O pastor deixou que eles cantassem novas músicas e se vestissem de maneira confortável, e uma nova cultura de igreja começou a se espalhar.

Os sem-igreja: Bill Hybels projetou um culto onde aqueles que não têm uma igreja se sentissem confortáveis, sendo apresentado a eles o evangelho, música contemporânea e teatro. Muitos pastores visitaram suas conferências para aplicar em suas igrejas.

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame