Budistas levam quase 2 mil pessoas a atacarem igreja, no Sri Lanka

A multidão ameaçou os cristãos, tomou suas Bíblias e interrompeu cultos.

Fonte: Guiame, com informações do Portas AbertasAtualizado: quarta-feira, 27 de setembro de 2017 13:56
O ataque foi organizado com o conhecimento da polícia local. (Foto: Reprodução).
O ataque foi organizado com o conhecimento da polícia local. (Foto: Reprodução).

Cerca de 30 monges budistas realizaram um ataque a uma igreja cristã na cidade de Devinuwara, em abril deste ano. Eles contaram com parte da população local e juntos cercaram as instalações da igreja que fica no distrito de Matara, no sul do Sri Lanka.

A multidão ameaçou a vida dos cristãos, tomou as Bíblias das mulheres e avisou que ia destruir a igreja se as celebrações não fossem interrompidas. O pastor não estava presente no momento em que o ataque aconteceu.

Mas, as coisas ficaram piores. Depois desse acontecimento, o pastor recebeu informações de fontes confiáveis afirmando que haveria outro ataque que estava sendo planejado. Então, no mês seguinte, cerca de 2 mil pessoas realizaram um novo ataque.

Manifestação

Dessa vez, eles estavam sendo liderados por dezenas de monges budistas. Foi realizada uma grande manifestação na área. As lojas foram fechadas e bandeiras negras foram penduradas na cidade. Mais uma vez ameaçaram destruir a igreja.

Um fato preocupante é que o ataque foi organizado com o conhecimento da polícia local. O incidente foi gravado e colocado no Facebook. No mesmo mês, outro ataque. Cerca de cinco mulheres invadiram um culto dominical e interromperam a celebração na igreja. Elas gritavam e ameaçavam a vida dos cristãos.

Perseguição

O Sri Lanka ocupa o 45º lugar na Lista Mundial da Perseguição 2017. Os grupos budistas radicais ainda estão muito presentes no país, mas atualmente pararam de atacar as minorias religiosas.

No entanto, os mobs (grupos geralmente liderados por monges budistas) continuam interrompendo as atividades da igreja. Uma nova ênfase no budismo como religião predominante parece surgir na nova Constituição.

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame