"Avivamento é intencional e fruto da decisão por voltar à vida cristã", diz pastor

O pastor Greg Laurie destacou que o avivamento ocorre com o poder sobrenatural de Deus, mas também com a iniciativa dos cristãos.

Fonte: Guiame, com informações da CBN NewsAtualizado: quarta-feira, 19 de setembro de 2018 15:27
Greg Laurie é pastor da Comunidade Harvest, nos EUA. (Foto: Reprodução/Youtube)
Greg Laurie é pastor da Comunidade Harvest, nos EUA. (Foto: Reprodução/Youtube)

"Deus decidiu enviar uma revolução de Jesus". A afirmação foi feita pelo evangelista Greg Laurie em um artigo recentemente publicado na CBN News. A "revolução de Jesus" à qual ele se refere foi um grande despertar espiritual, conhecido como "O Movimento de Jesus", que abrangeu os Estados Unidos por completo, trazendo alívio em um tempo caótico.

Porém Laurie destacou que um "fenômeno sobrenatural" também está sob uma parcela de responsabilidade da própria Igreja, que pode ajudar a girar toda esta engrenagem.

"Parece-me que é hora de outro reavivamento espiritual. Como crentes, queremos que Deus cure nossa terra e mude nossa nação para melhor, mas quando olhamos para os problemas em nosso país, às vezes é mais fácil apontar apenas para outras pessoas. Nós dizemos que os problemas em nosso país são por causa disso ou daquilo, mas Deus diz que a fonte dos problemas é na verdade a Sua casa, a Igreja", lembrou.

Para embasar o seu alerta, Laurie citou a passagem bíblica de 2 Crônicas 7:14: "E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, se humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra".

"Deus não fala nada sobre a cultura secular. Ele fala com o Seu próprio povo, que somos você e eu. Não temos tempo para apontar os dedos quando estamos pegando nossas cruzes e seguindo a Ele", lembrou.

O papel da Igreja

Laurie ressaltou que a necessidade de um novo despertar espiritual está cada vez mais clara, porém o uso das palavras "avivamento" ou "reavivamento" talvez esteja sendo colocado apenas no plano espiritual e não no prático.

"O reavivamento é uma escolha para despertar, é uma decisão intencional de voltar à vida cristã como deveria ser vivida. O reavivamento está sendo a flor do primeiro amor por toda a vida, andando de perto com o Senhor", lembrou.

"Você não pode ter sempre essas emoções iniciais que você teve como um novo crente, não mais do que você pode ter as mesmas borboletas no seu estômago que você teve quando conheceu seu marido ou sua esposa. Isso é utópico, mas aqui está a questão: seu amor pode crescer, se aprofundar, se fortalecer, se tornar mais ousado. É preciso apenas intencionalidade", acrescentou.

O evangelista reconheceu que o poder de Deus é imprescindível para que um avivamento ocorra, porém lembrou que da importância do empenho dos cristãos nisso.

"É assim que devemos ser como seguidores de Jesus. Precisamos da fé dos cristãos do primeiro século que virou o mundo de cabeça para baixo. O reavivamento nada mais é do que uma nova obediência a Deus. Ou, como foi descrito, 'longa obediência na mesma direção", destacou.

"Só Deus pode enviar um despertar para a América, mas eu acredito de todo coração que o reavivamento pode acontecer aqui e agora. Que comece com você e eu", finalizou.

Siga-nos

Mais do Guiame