Primeiro batismo acontece em aldeia de 50 mil pessoas que nunca ouviu o Evangelho

Ruth se tornou a primeira cristã em sua aldeia, nas montanhas do sudoeste asiático, e já está compartilhando o Evangelho com sua comunidade.

Fonte: Guiame, com informações de International Mission BoardAtualizado: quarta-feira, 4 de agosto de 2021 11:55
Ruth*, a primeira crente em um grupo de pessoas não alcançadas nas montanhas do sudeste da Ásia, foi batizada em 2019. (Foto: IMB).
Ruth*, a primeira crente em um grupo de pessoas não alcançadas nas montanhas do sudeste da Ásia, foi batizada em 2019. (Foto: IMB).

Os missionários batistas do sul que atuam numa aldeia nas montanhas do sudeste asiático estão em festa, depois que uma jovem local se tornou a primeira cristã de um povo não alcançado formado por 50 mil pessoas.

A conversão de Ruth* ao Evangelho de Jesus é o primeiro fruto do trabalho dos missionários americanos Robert e Eileen Hawkins*, que oram desde 2013 pela salvação da comunidade local.

Os missionários entraram em contato com o grupo não alcançado através do líder da aldeia Ruben*, que os recebeu em sua casa diversas vezes. A partir daí, equipes de missionários visitaram o grupo que nunca tinha ouvido falar de Jesus.

Perto da cabana de madeira de Ruben, morava uma viúva que os missionários nunca chegaram a conhecer, a mulher era a mãe de Ruth. Nesta época, a jovem havia deixado a aldeia para encontrar trabalho na mesma cidade em que Robert e Eileen moravam.

Lá, Charissa Taylor, outra missionária batista, havia aberto uma escola de idiomas para ensinar o idioma local a estrangeiros. Uma das primeiras professoras que Clarissa contratou foi Ruth.

Foi assim que a jovem conheceu o Evangelho, embora já tivesse ouvido sobre Jesus por um cristão nacional que lhe deu uma material bíblico. Ruth havia aprendido a pensar mal dos crentes, porém Clarissa e os missionários Hawkins eram diferentes dos cristãos que ela tinha sido avisada. 

“Seu coração começou a ser puxado e o espírito de Deus começou a trabalhar nela”, contou Robert. Clarissa começou a pregar a Palavra de Deus ao coração da jovem e o casal Hawkins contava as histórias da Bíblia a ela.

Em março de 2019, os pais de Clarissa vieram lhe ajudar na escola e sua mãe ministrou um treinamento aos professores. Ao final do evento, ela orou com todos eles e Ruth foi tocada pelo Espírito Santo. “Ruth desabou e chorou”, relatou Clarissa.

Então, a jovem contou aos missionários sobre um sonho que havia tido em que viu uma luz brilhante ajudando as pessoas e eles explicaram a ela que se tratava de Jesus.

Apesar do medo da rejeição da família, Ruth se entregou a Jesus e se tornou a primeira pessoa de sua comunidade a se batizar, em 2019. 

Compartilhando as boas novas com seu povo

Na região de Ruth o cristianismo é visto com muita desconfiança, algo ensinado ativamente pelo governo local. Mesmo assim, a jovem cristã está compartilhando as boas novas

e traduzindo as histórias da Bíblia para a língua de seu povo. 

“Mencionei a ela a possibilidade de registrar algumas histórias da Bíblia para seu povo. Achei que ela poderia trabalhar lentamente um por um para nós usarmos no futuro. Em vez disso, fiquei ausente por um tempo e voltei para saber que ela já havia gravado todos eles!”, disse Clarissa.

Segundo a missionária, “o Pai está trabalhando e refinando seu coração. Oro para que Ele a use muito em nome de seu povo”.

Recentemente, a mãe de Ruth também aceitou Jesus. A jovem está morando com seu tio na cidade, a 9 horas de distância da aldeia. Ruth lhe falou sobre Jesus, mas o homem tem resistido ao Evangelho e está pensando em expulsar a sobrinha de casa por causa de sua fé.

“Tento encorajar as pessoas a se colocarem no lugar de Ruth”, disse Robert. “Como seria ser uma jovem de 20 e poucos anos, que é [uma entre duas] em seu grupo de 50 mil pessoas que fala sua língua, que conhece a Verdade. Como você vive fielmente e equilibra essa pressão, essa responsabilidade, essa oportunidade?”, refletiu o missionário. 

* Nomes alterados por segurança.



Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame