Missionário recebe Prêmio Internacional da Paz do presidente do Paquistão

Através de Leif Hetland, mais de um milhão de pessoas no mundo árabe foram salvas.

Fonte: Guiame, Luana NovaesAtualizado: quinta-feira, 25 de novembro de 2021 18:57
O presidente Arif Alvi entregou prêmio ao missionário Leif Hetland. (Foto: Instagram/Leif Hetland)
O presidente Arif Alvi entregou prêmio ao missionário Leif Hetland. (Foto: Instagram/Leif Hetland)

O presidente do Paquistão, Arif Alvi, entregou o Prêmio Internacional da Paz nas mãos do missionário Leif Hetland nesta quarta-feira (24), em um evento inter-religioso na cidade paquistanesa de Islamabad.

“Foi uma grande honra! Fui o primeiro a receber esse prêmio. Foi uma experiência extraordinária”, declarou Hetland nas redes sociais.

Precursor das missões modernas, Leif levou o Evangelho a algumas das áreas espiritualmente mais sombrias do mundo. Através de seu ministério, mais de um milhão de pessoas no mundo árabe foram salvas.

Leif, que é o presidente da Global Mission Awareness e tem atuado especialmente no Paquistão, onde é conhecido como o “embaixador do amor”. Ele já teve a oportunidade de pregar ao presidente do país e testemunhar muitos milagres entre os paquistaneses.

Ele foi honrado durante a Conferência Internacional da Paz Inter-religiosa, que contou com a participação de representantes de várias religiões, incluindo o Islã, Cristianismo, Hinduísmo, Sikhismo e outras.

Com o tema “Respeito pela Humanidade e sua Importância”, a conferência destacou a importância da liberdade religiosa entre as nações.


Representantes de diversas religiões na Conferência Internacional da Paz Inter-religiosa. (Foto: Instagram/Leif Hetland)

“Há algo único que Deus está fazendo nesta temporada e é hora de nos concentrarmos no que Jesus está fazendo e nunca nos distrairmos com o que o inimigo está fazendo, porque Deus está vencendo”, declarou Leif em vídeo após o evento.

A embaixadora da União Europeia no Paquistão, Androulla Kaminara, disse que a harmonia inter-religiosa é necessária para o futuro do mundo. Em seu discurso, Leif disse que o amor une as pessoas e que passou a ser muito necessário no mundo de hoje, tão dividido por discórdias.

Siga-nos

Mais do Guiame