Médicos atuam em clínicas gratuitas e oram pela cura de pacientes: “Refletimos Jesus”

Clínicas administrada por igrejas estão oferecendo atendimento de saúde para aqueles que não podem pagar por isso.

Fonte: Guiame, com informações de CBN NewsAtualizado: terça-feira, 6 de junho de 2017 17:04
Dra. Nancy Henceroth-Gatto durante consulta com a paciente Crystal. (Foto: CBN News)
Dra. Nancy Henceroth-Gatto durante consulta com a paciente Crystal. (Foto: CBN News)

Clínicas administrada por igrejas estão oferecendo atendimento de saúde para aqueles que não podem pagar por isso, em diversas cidades dos Estados Unidos.

Apenas no estado de Ohio, voluntários operaram 100 clínicas gratuitas, em cidades grandes e pequenas. Na clínica Helping Hands, em Columbus, os pacientes são atendidos todas as noites de quinta-feira em suas necessidades físicas e espirituais.

Segundo Noreen Palmer, os voluntários enxergam na clínica uma oportunidade para compartilhar o amor de Jesus Cristo. “Queremos que as pessoas vejam que estamos ajudando se fossemos as mãos de Jesus”, disse ela à CBN News.

“Nós recebemos muitos muçulmanos e queremos que eles vejam a nossa fé cristã, percebam como tratamos todos igualmente e se sintam amados. Às vezes, eles vêm orar com a gente”, Palmer revela.

Uma das pacientes, Crystal, disse que conheceu a clínica depois de uma placa em frente. “Foi uma experiência muito boa. Eles foram muito simpáticos. Eles ainda oraram comigo e eu gostei muito disso. Eles pediram para o Senhor me curar e trouxeram outras pessoas para orar comigo”, contou.

A força dos voluntários

A maioria das clínicas são sustentadas pelas doações de pessoas, igrejas ou empresas. Deb Miller, diretor-executivo da Associação de Clínicas Gratuitas de Ohio, disse que é o compromisso dos voluntários que realmente mantém as clínicas abertas.


Médicos e pacientes reunidos para clamar a Deus pela cura dos doentes. (Foto: CBN News)

“A maioria deles trabalham o dia todo e fazem quatro, cinco ou seis horas de trabalho voluntário à noite”, disse Miller, falando sobre enfermeiros, assistentes sociais, fisioterapeutas e médicos.

Uma das profissionais que têm doado seu tempo é a Dra. Nancy Henceroth-Gatto. “Eu tenho recebido tanto em minha vida e sou tão amada por Cristo que eu só quero refletir esse amor”, disse ela. “Meu objetivo é apenas deixar minha luz brilhar e ensinar todo mundo a fazer a mesma coisa”.

A maioria das clínicas gratuitas abrem uma noite por semana para oferecer cuidados de saúde primários e também para encaminhar os pacientes aos especialistas. Além da clínica médica geral, algumas unidades disponibilizam atendimento odontológico.

Dr. Doug Ferguson é um dentista que serve como voluntário na clínica durante a noite após um longo dia em seu consultório. Ele acredita que usar suas habilidades para ajudar outras pessoas faz parte de sua fé. “Manter o meu tempo para mim mesmo seria egoísta e não iria glorificar a Deus. Então, eu tento entregar de volta a Ele, mas também para outras pessoas”.

Siga-nos

Mais do Guiame