A Igreja no Japão sofre com a falta de avivamento e não com a perseguição, diz missionário

Apenas 1% dos japoneses são cristãos e a igreja tem enfrentado uma grave escassez de pastores, relata o missionário.

Fonte: Guiame, com informações de Mission Network NewsAtualizado: quarta-feira, 31 de maio de 2017 15:50
Cristãos durante reunião na Comunhão Anglicana no Japão. (Foto: The Nippon Sei Ko Kai)
Cristãos durante reunião na Comunhão Anglicana no Japão. (Foto: The Nippon Sei Ko Kai)

O Japão é um campo crítico de evangelismo, de acordo com o casal de missionário Kevin e Becky Zirkle, que servem no país há 40 anos.

“Muitas pessoas não pensam em fazer missões no Japão por ser uma sociedade altamente industrializada e moderna, mas há um grupo muito grande de pessoas não alcançadas”, disse o representante da World Gospel Mission (Missão Mundial do Evangelho, em tradução livre).

Segundo Kevin, a igreja japonesa enfrenta uma série de desafios, mas não em relação à perseguição religiosa. Suas barreiras são justificadas pela falta de avivamento espiritual dentro do país.

“Apenas 1% dos japoneses são cristãos e a igreja tem enfrentado uma grave escassez de pastores”, avalia o missionário.

Ele também afirma que a igreja do Japão tem tido dificuldade em alcançar os jovens. “Durante muito tempo, os jovens não têm ligado a igreja com sua vida diária. A igreja percebeu que falhou em algumas áreas e está tentando chegar às pessoas mais jovens”.

O grande trabalho de Kevin e sua esposa no Japão tem sido ministrar estudantes universitários. Em quatro campi de Tóquio, ele conta que não apenas estudantes cristãos vieram se juntar aos estudos bíblicos.

“Eu encontrei muitos estudantes interessados ​​em aprender inglês. Tive um aluno que começou a frequentar os estudos não porque estava interessado na Bíblia, mas porque queria aprender inglês e falar com um nativo americano”, disse Kevin. “Levou cerca de dois anos para o aluno se tornar mais interessado pelo Bíblia que pelo inglês, e acabou aceitando Jesus”.

O casal Zirkle tem atuado com missões em muitos países do mundo, mas ainda visitam o Japão e incentivam os missionários no país. Além ministério universitário, os missionários dão aulas de inglês para crianças e grupos de jovens.

Becky afirma que há muitas maneiras de apoiar e se envolver com missões no Japão. “Há sempre a necessidade de apoio financeiro e, principalmente, apoio em oração”.

“Ore por mais pastores e para que os jovens sintam o chamado para o ministério, quer estejam envolvidos e dispostos a liderar a igreja”, acrescenta Kevin. “Ore para que a igreja japonesa encontre maneiras de ser relevante dentro de sua cultura e consiga chegar às pessoas”.

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame