Igreja leva apoio durante incêndio Dixie na Califórnia: “Ser as mãos e os pés de Jesus”

O ministério de resposta a desastres da Bethel Church, o Bethel Global Response, está oferecendo socorro social e espiritual às comunidades que foram arrasadas pelo desastre.

Fonte: Guiame, com informações da CBN News e Correio BrazilienseAtualizado: quinta-feira, 12 de agosto de 2021 13:36
 O incêndio Dixie está queimando as florestas do norte da Califórnia desde julho, como consequência da crise climática. (Foto: Josh Edelson/AFP).
O incêndio Dixie está queimando as florestas do norte da Califórnia desde julho, como consequência da crise climática. (Foto: Josh Edelson/AFP).

Desde a semana passada, o explosivo incêndio Dixie tem devastado o norte da Califórnia, nos Estados Unidos, se espalhando por 174 mil hectares. As chamas, que até nesta quarta-feira (12) haviam sido contidas em apenas 25%, são alimentadas por ventos fortes e condições de seca.

A pequena cidade de Greenville foi fortemente destruída, depois que os ventos empurraram o incêndio Dixie para a região. As autoridades pediram que os moradores abandonassem suas casas imediatamente porque o risco de morte era iminente. 

Muitas famílias foram obrigadas a deixarem tudo para trás para salvar suas vidas. “Deixamos muitas coisas para trás. O fogo devastou tudo”, disse Jason Gray-Powers, morador de Greenville.

Em meio a tragédia natural, o ministério de resposta a desastres da Bethel Church na Califórnia, o Bethel Global Response, está levando socorro social e espiritual às comunidades que foram arrasadas pelo incêndio.

Recentemente, o Bethel Responde visitou um centro que abriga sobreviventes do desastre na cidade de Quincy. 

"Sentamos com mais de cem famílias ao longo desses três dias e o que vimos foi devastador. As famílias muitas vezes moram lá há várias gerações e as casas costumam ser a propriedade total e estão lá desde que nasceram”, disse Heather Quinones, vice-diretora da Bethel Global Response à CBN News.


O Bethel Global Response é o ministério de resposta a desastres da Bethel Church. (Foto: Reprodução/Facebook).

Os voluntários do ministério estão oferecendo ajuda a pessoas que perderam tudo no incêndio Dixie, demonstrando a compaixão cristã e levando o amor de Deus neste momento difícil. 

“Muitas vezes, diante de um desastre, há uma grande janela de oportunidade para ser as mãos e os pés de Jesus e expressar esse amor”, afirmou Quinones.

“Estamos oferecendo algo chamado ‘ash-outs’ que vasculham as cinzas da casa que foi perdida para encontrar objetos de valor que ainda estão intactos e que podem ser devolvidos aos sobreviventes”, explicou a vice-diretora da Bethel Response.

Com o aumento de incêndios na Califórnia nos últimos anos, a Bethel afirma que já se estruturou para ajudar sempre que é preciso. "Nós nos preparamos para isso o ano todo. Tem acontecido de forma bastante consistente recentemente. Estamos preparados para isso. Temos respondido ao Fogo Salgado recentemente, ao norte de Redding, aqui na cidade”, afirmou Quinones.

O incêndio Dixie está queimando as florestas do norte da Califórnia desde julho, como consequência da crise climática que tem provocado um calor sufocante e uma seca alarmante na região. Em julho, a área queimada na Califórnia correspondia a mais de 250% em relação a 2020, tornando- se o segundo maior incêndio na história do estado americano. 

Para Heather Quinones, o trabalho do Bethel Response só é possível graças aos cristãos voluntários. “Pessoas que têm coração de servo como Jesus são aquelas que dão seu tempo, sua energia e seus recursos para aliviar o sofrimento dos outros. Eles são motivados pela compaixão de Jesus, pela bondade que sentiram Dele e pelo desejo de doá-la”, declarou.

Atuando há anos no ministério de socorro, Heather afirmou que testemunhou o amor e fidelidade de Deus por toda parte. 

"É tão bom ver a fidelidade do Senhor em uma situação de desastre. Continuamente você vê sua provisão, sua abundância, sua especificidade em amar bem as pessoas e a compaixão abrangente dos humanos que amam uns aos outros em seu nome”, afirmou.

E concluiu: “E você não encontra um lugar onde Ele não esteja no meio de um desastre. Ele é o único que ama os sobreviventes. É ele quem os consola. É quem os aconselha".

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame