Filme chinês tem “Moisés” removido do título para evitar ofensa ao regime comunista

A produção “Moisés na Planície” passou a ser chamada de “Fogo na Planície”, numa tentativa de eliminar o vocabulário cristão da esfera pública.

Fonte: Guiame, com informações de Internacional Christian Concern e Radio Free AsiaAtualizado: terça-feira, 28 de setembro de 2021 13:23
 A produção “Moisés na Planície” passou a ser chamada de “Fogo na Planície”. (Foto: Xinhua via AP).
A produção “Moisés na Planície” passou a ser chamada de “Fogo na Planície”. (Foto: Xinhua via AP).

Um filme chinês com “Moisés” no título, com estreia marcada para dezembro, teve o nome mudado repentinamente. A produção “Moisés na Planície” passou a ser chamada de “Fogo na Planície”, de acordo com o anúncio do diretor no Festival Internacional de Cinema de Pequim. 

No dia 20 de setembro, no tapete vermelho da cerimônia de abertura do Festival, o diretor Zhang Ji informou aos repórteres sobre a mudança do título do filme. Ao ser questionado sobre os motivos da alteração, Zhang respondeu: 

“Neste filme, usamos muito fogo como elemento. Espero que possamos usar o fogo para conectar diferentes tempos, espaços e emoções, e que ele possa brilhar em nossas vidas. Espero que possa trazer brilho e força a todos”.

Quando os repórteres pediram mais detalhes da decisão de retirar “Moisés” do título, Zhang se recusou a falar.

A mudança repentina gerou discussão e, no meio evangélico, levantou a suspeita de repressão ao cristianismo pelo Partido Comunista Chinês, numa tentativa de eliminar o vocabulário cristão da esfera pública.

Para o pastor Liu Yi, fundador da "Chinese Christian Justice Fellowship", a causa da alteração no nome do filme é devido ao fato de Moisés ser um personagem bíblico.

“Moisés não é apenas um nome na Bíblia, ele também é um herói nacional dos israelitas. As autoridades chinesas temem o significado positivo por trás desse nome? Por exemplo, uma vez ele liderou os israelitas contra a tirania dos egípcios e lutou pela liberdade e libertação de sua raça”, ponderou Liu, em entrevista à Rádio Free Asia. 

O filme “Moisés na Planície” é a adaptação cinematográfica do romance de mesmo nome, mas não possui nenhuma referência com o relato bíblico de Moisés. Estrelado pelas astros chineses Zhou Dongyu e Liu Haoran, a produção conta a história de um policial criminal que investiga um caso de assassinato e descobre que seu amigo estava de alguma forma envolvido.

“Fogo na Planície” estreia em 24 de dezembro nos cinemas.


A produção “Moisés na Planície” passou a ser chamada de “Fogo na Planície”. (Foto: Divulgação).

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame