Drive-thru de oração leva esperança e fé a desempregados e enlutados da Covid-19 no RJ

Com uma tenda itinerante, os cristãos levam a mensagem do Evangelho e oram pelas pessoas que foram atingidas pela crise do coronavírus.

Fonte: Guiame, com informações do O DiaAtualizado: segunda-feira, 26 de julho de 2021 14:45
Drive-Thru da Oração em Guapimirim (RJ). (Foto: Divulgação).
Drive-Thru da Oração em Guapimirim (RJ). (Foto: Divulgação).

As igrejas de Guapimirim, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, se uniram para levar esperança e fé para desempregados e enlutados na pandemia da Covid-19, através de um drive-thru de oração.

Com uma tenda itinerante, que já passou por diferentes pontos da cidade, os cristãos levam a mensagem do Evangelho e oram pelos que foram atingidos pela crise do coronavírus: aqueles que perderam entes queridos pelo Covid-19, pessoas que sofrem com depressão ou algum tipo de vício e desempregados.

Lançado em 1° de maio, o projeto de ação social e evangelismo é uma iniciativa da Associação das Igrejas Evangélicas de Guapimirim, reunindo 15 denominações. 

“O objetivo do Drive-Thru da Oração foi amenizar, com a ajuda do Senhor Jesus, através da oração, o medo e a insegurança que muitos enfrentaram por causa da pandemia. Quase todo mundo teve um conhecido contaminado. Nós armamos uma tenda com identificação, sempre em uma via secundária para não atrapalhar o trânsito. Chamamos por microfone, faixas, cartazes e gestos para as pessoas virem até nós”, contou Moisés da Silva, participante do projeto, ao O Dia. 

A primeira fase do Drive-Thru da Oração foi até o dia 12 de junho, durante sete sábados, das 9h às 14h. A iniciativa passou pela Praça da Emancipação, no Centro, Parada Modelo, Praça da Vila Olímpia, Praça do Vale das Pedrinhas, entre outros bairros. As novas ações vão ser decididas em reunião da Associação das Igrejas Evangélicas de Guapimirim.

Para Moisés, que evangeliza na rua desde 2016, a ação não é para pregar uma denominação, mas para “apresentar a salvação em Cristo e o perdão dos pecados. Com a pregação do evangelho de Cristo, usamos fundamentos bíblicos. As pessoas têm o direito de querer receber ou não”.

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame