DIDÁTICOS: livros sem uso podem ser doados

DIDÁTICOS: livros sem uso podem ser doados

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:55

Com o início do ano letivo, é preciso encontrar espaço no armário para guardar os novos livros didáticos solicitados na lista de material escolar. Mas o que fazer com aqueles livros que foram usados na série anterior? Para quem ainda não sabe, uma boa ideia é doar para que outros estudantes possam utilizá-los para pesquisa.

Em Rio Claro, o Sistema Público de Bibliotecas aceita a doação de livros dos mais diversos gêneros. Segundo o bibliotecário Samuel Luiz Rosa, é comum a população fazer doação durante o ano nas três unidades existentes no município.

Apesar de receber doações, o bibliotecário observa que, em caso de material didático específico de alguma escola, prefere não aceitar para evitar problemas legais. “Mas se for material domiciliar com caráter informativo de qualquer espécie e em bom estado de conservação, que seja utilizável, aceitamos normalmente”, diz.

Rosa explica que as doações podem ser feitas em qualquer uma das três bibliotecas municipais de Rio Claro, das 8 às 18 horas. Interessados podem procurar o Gabinete de Leitura, na Avenida 4 entre as Ruas 6 e 5, no Centro; a biblioteca do Centro Cultural, na Rua 2, 2880, Vila Operária, ou no Cervezão, na Rua M-15, 411.

“O ambiente da biblioteca está projetado para que as pessoas se sintam em lugar aconchegante, onde têm acesso à leitura, jornal e Internet para pesquisa. Dessa forma, esperamos que as pessoas façam da leitura e da biblioteca um ambiente de hábito de lazer”, salienta.

A coordenadora do Gabinete de Leitura, Maria Cristina Babone, acrescenta que também são feitas doações de livros recebidos em excesso para a população. “Durante todo o ano recebemos muitos livros didáticos doados pelas pessoas. Por isso, como recebemos algumas publicações em excesso, colocamos em uma estande para doar às pessoas que precisam”, comenta.

Além do Sistema Público de Bibliotecas, em Rio Claro também é possível fazer doação de livros para o Projeto Fio da Meada, que existe há três anos. O presidente do projeto, Luiz Conceição, explica que há um ano foi montada uma biblioteca comunitária no local.

“Estamos precisando de livros didáticos e cadernos, mesmo que estejam usados, porque sempre sobram folhas em branco”, afirma.

Conceição observa que participam do projeto cerca de 60 pessoas, entre crianças e adultos. Aos sábados e domingos são oferecidos cursos de violão, artesanato, inglês, música e reforço escolar.

Quem quiser pode levar a doação de livros na Avenida 2, nº 214, no Jardim Guanabara II, ou ligar para os telefones 3532-6836 e 9271-7804, para solicitar o recolhimento dos livros doados.

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame