Casal judeu doa 18 milhões de dólares para médicos missionários na África

O empresário Mark e a rabina judia Erica Gerson investem todos anos na African Healthcare Mission, que leva atendimento médico a 16 países do continente africano.

Fonte: Guiame, com informações da CBN NewsAtualizado: sexta-feira, 24 de setembro de 2021 11:49
A contribuição do casal é a maior doação privada na história das missões médicas na África. (Foto: CBN News).
A contribuição do casal é a maior doação privada na história das missões médicas na África. (Foto: CBN News).

O casal judeu Mark e Erica Gerson vai doar 18 milhões de dólares para apoiar o trabalho dos médicos missionários na África, através da sua fundação filantrópica, African Mission Healthcare (AMH).

Mark, um empresário de Nova York, e Erica, uma rabina judia, se comprometeram a doar milhões de dólares de sua riqueza pessoal todos os anos para cumprir sua obrigação judaica de amar o desconhecido. 

“A Bíblia nunca nos diz para amar nossos filhos porque é algo que faremos sem a ajuda da Bíblia. Amaremos nossos filhos mesmo que ninguém nos instrua a fazê-lo. No entanto, a Bíblia nos diz para amarmos o estranho uma e outra vez, 3 dúzias de vezes, porque amar o estranho não é algo que vem naturalmente, não é algo que vem facilmente”, explicou Mark, de 49 anos, à CBN News.

Para o casal Mark, eles estão praticando o amor ao próximo ao financiar os médicos cristãos que dedicam sua vida cuidando dos africanos. 

"Quando aprendemos há cerca de 20 anos sobre o trabalho dos médicos missionários cristãos na África e como eles estão sacrificando tudo para servir os pobres, levando cuidados de saúde para aqueles que de outra forma não teriam, nós dissemos, 'isso é o que significa amar o desconhecido’”, contou o casal.

Segundo a African Mission Healthcare, o ato generoso do casal judeu é a maior doação privada de todos os tempos na história das missões médicas na África. 

"Um único presente desta magnitude é virtualmente inédito na medicina clínica africana. Esta tremenda generosidade permitirá cuidar de centenas de milhares de pessoas que, de outra forma, estariam sem ela”, afirmou o Dr. Jon Fielder, presidente-executivo da AMH, em um comunicado.

Formando médicos africanos

O United Bank of Switzerland se juntou ao esforço humanitário dos Gerson e se comprometeu a adicionar mais 2 milhões de dólares à doação do casal, totalizando um fundo de US $20 milhões para as missões médicas. O valor arrecadado também vai financiar o treinamento da próxima geração de médicos africanos. 

Fundada por Mark Gerson e o Dr. Fielder em 2010, a African Healthcare Mission já investiu 30 milhões de dólares em treinamento, equipamento e atendimento clínico em 47 hospitais missionários cristãos em 16 países da África.

“Esses investimentos apoiaram o atendimento direto a mais de 670 mil pacientes e permitirão mais de 9,8 milhões de visitas futuras aos pacientes. Além disso, mais de 3 mil profissionais médicos foram treinados e 19 mil procedimentos cirúrgicos e corretivos foram patrocinados”, disse um comunicado da AMH.

Para Mark, os missionários médicos que servem no continente africano são como “pessoas sagradas”, que doam seus serviços em nome de sua fé cristã. “O número de vidas que esses médicos cristãos salvam e transformam por dólar investido, enquanto constroem as instituições que ampliarão o atendimento na África por gerações é impressionante", afirmou.

E concluiu: “Esperamos que este presente incentive mais pessoas a capacitar ainda mais esses médicos missionários a fazer seu trabalho sagrado, como a fonte indispensável de cuidados para milhões de pessoas na África”.



Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame