Boko Haram sequestra 22 meninas de 10 a 13 anos em comunidade cristã na Nigéria

Os extremistas islâmicos atacaram duas vilas em Chibok, região que já sofreu mais de 100 ataques.

Fonte: Guiame, com informações de Christian News Network e Internacional Christian ConcernAtualizado: terça-feira, 25 de janeiro de 2022 19:46
Os extremistas islâmicos também incendiaram igrejas. (Foto: Portas Abertas).
Os extremistas islâmicos também incendiaram igrejas. (Foto: Portas Abertas).

O Boko Haram sequestrou 22 meninas em duas comunidades cristãs de Chibok, na Nigéria, neste mês. Os extremistas também mataram cristãos e incendiaram igrejas.

De acordo com o Morning Star News, os militantes atacaram a vila de Pemi, na quinta-feira (20). Eles mataram um cristão, incendiaram a Church of the Brethren in Nigeria (EYN) e raptaram 17 meninas, de 10 a 13 anos.

Segundo James Nkeki, um morador local, os radicais ainda incendiaram uma loja de um cristão. “Uma das garotas sequestradas que conheço pessoalmente é a senhorita Roya Joel. Mais de duas dúzias de casas foram incendiadas”, relatou Nkeki.

E acrescentou: “Devo dizer que esses ataques às nossas comunidades estão ficando fora de controle. Precisamos de suas orações para a libertação de Deus dessas forças do mal”.

No dia 14 de janeiro, o Boko Haram atacou a vila vizinha Kautikari, matando três cristãos, sequestrando cinco meninas e incendiando o templo da Church of the Brethren da aldeia. 

“Esses ataques por terroristas muçulmanos nunca nos impedirão de adorar ao Senhor, porque o Cristo em nós não são os prédios da igreja que eles destroem”, disse Blessing Bulama, uma moradora da aldeia, ao The Morning Star.

As comunidades cristãs em Chibok têm enfrentado perseguição de extremistas islâmicos e já sofreram mais de 100 ataques desde 2014, quando 246 meninas foram sequestradas pelo Boko Haram. Cerca de 100 delas ainda estão em cativeiro.

Segundo a Lista Mundial da Perseguição 2022 da Portas Abertas, a Nigéria é o país que mais mata cristãos, registrando 4.650 mortes. O maior número de seguidores de Jesus sequestrados também está na Nigéria, com mais de 2.500 raptos. No ranking de países perseguidos, a Nigéria está em 7º lugar.

 

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições