Após arrecadar US$ 28 mi, ONG contrata aviões para resgatar 7 mil cristãos no Afeganistão

A organização cristã especializada em resgates humanitários, The Nazareth Fund, está fazendo a evacuação dos afegãos com 20 boeings 757.

Fonte: Guiame, com informações da CBN NewsAtualizado: terça-feira, 24 de agosto de 2021 18:39
Até o final de semana, cerca de 7 mil cristãos serão evacuados do Afeganistão. (Foto: Reprodução/Facebook).
Até o final de semana, cerca de 7 mil cristãos serão evacuados do Afeganistão. (Foto: Reprodução/Facebook).

Uma operação de resgate começou nesta segunda-feira (23), no Afeganistão, para evacuar cerca de 7 mil cristãos, após uma arrecadação de 28 milhões de dólares ao The Nazareth Fund, uma organização cristã especializada em resgates humanitários. 

A boa notícia foi divulgada na segunda-feira (23) pelo radialista americano Glenn Beck, em suas redes sociais. Dias atrás, Glenn usou sua influência na mídia para apelar ao público que contribuísse com o resgate, através do The Nazareth Fund. Em apenas 3 dias, o público de Beck doou mais de 22 milhões de dólares para financiar a evacuação dos cristãos afegãos e hoje o fundo já soma 28,6 milhões.

"Enquanto dormíamos, o The Nazareth Fund estava ocupado carregando aviões. Este foi o segundo avião de refugiados cristãos do Afeganistão saindo de Cabul. Temos muitas pessoas na pista agora, esses cristãos de que falamos, e mais vindo. Contratamos no mínimo 20 [boeings] 757, todos alinhados e prontos para partir. Até o final da semana, seremos capazes de mover 7 mil cristãos. É notável”, escreveu o radialista. 

Nesta terça-feira (24), Glenn também reportou que um terceiro voo com 1220 cristãos já havia decolado para um lugar seguro. 

Agora, o jornalista conservador está pedindo oração para que nações recebam os crentes afegãos como refugiados. “Precisamos de suas orações pelas pessoas em países que ficam com medo porque qualquer pessoa vista ajudando esses refugiados estará se colocando em risco de retaliação”, afirmou.

Segundo Glenn, muitos países estão dispostos a ajudar: “Tem havido uma resposta incrível da comunidade internacional. O Zimbábue disse que aceitará cristãos. Esse é um país lutando contra si mesmo. Tivemos uma incrível quantidade de países que aceitarão cristãos”.

Beck acrescentou que alguns países desejam ajudar, porém estão receosos. “A guerra espiritual está acontecendo agora. Tudo foi uma batalha. É uma batalha do bem contra o mal ”, concluiu o radialista. 

 

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame