Sociedade Bíblica do Brasil decreta 2018 como o Ano da Bíblia

Esta é a segunda edição do Ano da Bíblia no Brasil, sendo que a primeira celebração ocorreu em 2008.

Fonte: Guiame, com informações da assessoriaAtualizado: quarta-feira, 10 de janeiro de 2018 19:14
Considerada um tesouro da humanidade, a Bíblia completa já foi traduzida para 648 línguas. (Foto: Divulgação).
Considerada um tesouro da humanidade, a Bíblia completa já foi traduzida para 648 línguas. (Foto: Divulgação).

A Bíblia é sem dúvidas o livro mais lido, traduzido e distribuído de todos os tempos e estará no centro de diversas celebrações, incentivadas pela Sociedade Bíblica do Brasil (SBB) neste ano. O objetivo é levar uma mensagem de esperança a todos os cristãos brasileiros. Será um ano inteiro para celebrar o Livro Sagrado, segundo a proposta da SBB.

A iniciativa foi lançada no dia 10 de dezembro, Dia da Bíblia, no Museu da Bíblia, em Barueri (SP). Tal iniciativa visa destacar a importância das Escrituras, o maior best-seller de todos os tempos, e também comemorar os 70 anos da SBB, que serão completados no dia 10 de junho.

Com o tema “Bíblia Sagrada: o livro da esperança”, as festividades começaram em 10 de dezembro de 2017 e serão encerradas no dia 9 de dezembro deste ano, exatamente no Dia da Bíblia que é celebrado no segundo domingo de dezembro. Mais de 500 pessoas de diferentes denominações cristãs participaram da abertura das festividades no Museu da Bíblia, em Barueri (SP).

“Nós esperamos que a Bíblia seja mais lida e mais estudada. Seguir um bom programa de leitura da Bíblia é fundamental para manter uma igreja fiel, motivada e para que ela abra as portas para as pessoas que ainda não têm acesso à Palavra de Deus”, relatou o gerente de Desenvolvimento Institucional da SBB e coordenador nacional da campanha, Mário Rost, ao apresentar o 2º Ano da Bíblia no Brasil.

Do papiro à era digital

Livro mais lido, traduzido e distribuído, no Brasil e no mundo, a Bíblia atravessou os mais diferentes formatos, do papiro à era digital, numa demonstração clara da perenidade e atualidade da Palavra de Deus. Primeira obra de grande porte a ser produzida pela prensa de Gutenberg, a Bíblia continua sendo o livro mais impresso em todo o mundo, ao longo de cinco séculos.

Considerada um tesouro da humanidade, a Bíblia completa já foi traduzida para 648 línguas, entre as 6.887 faladas no mundo, de acordo com dados de 2016. O Novo Testamento é encontrado em 1.432 línguas e trechos da Bíblia em 1.142 idiomas. Embora ainda restem mais de 3.222 línguas faladas por pequenos grupos – totalizando mais de 250 milhões de pessoas – que não possuem um só trecho da Bíblia traduzido, é relevante a importância do Livro Sagrado para pessoas das mais diversas etnias, em todos os pontos do planeta.

Mais recentemente, a Bíblia passou a ser disponibilizada em formato eletrônico, podendo ser acessada por meio de smartphones e leitores digitais. Um exemplo é o aplicativo Biblia Plus, desenvolvido pelas Sociedades Bíblicas Unidas – aliança da qual a SBB faz parte e que reúne 147 Sociedades Bíblicas no mundo –, por meio do qual são oferecidas, gratuitamente, traduções bíblicas em diferentes línguas.

No Brasil, levantamento da SBB de janeiro a novembro de 2017 aponta a distribuição de mais de 2,88 milhões de exemplares da Bíblia em formato digital. No total, incluindo as obras impressas, foram distribuídas 6.773.421 Bíblias completas, enquanto as demais publicações, somando-se a Novos Testamentos, livretos, folhetos, obras acadêmicas e publicações infantis, atingiram 277.397.304 de exemplares.

Desde 2002, a Bíblia completa está disponível em Braile, tornando-se acessível também a esse segmento da população. Outros públicos contemplados com edições especiais do texto bíblico são as pessoas com deficiência auditiva e comunidades indígenas e de imigração.

A SBB lança a Nova Almeida Atualizada, revisão da consagrada tradução Almeida Revista e Atualizada. (Foto: Divulgação).

Comemorações variadas

Em 2018, a SBB completará 70 anos, marcados pelo esforço de distribuir a Bíblia a todas as pessoas em qualquer lugar que estejam. Por isso, está convidando todas as igrejas cristãs a homenagear esse importante livro. A programação do Ano da Bíblia será divulgada ao longo do ano. Um Comitê Nacional de Referência, composto por mais de 2.000 líderes, e comitês estaduais darão suporte às iniciativas.

“Queremos ampliar a divulgação e o conhecimento das Escrituras Sagradas no Brasil”, afirma Erní Seibert, secretário de Comunicação, Ação Social e Arrecadação da SBB.

O Ano da Bíblia merecerá programação especial no tradicional Fórum de Ciências Bíblicas, que chegará à 14ª edição em 2018, e nos Seminários de Ciências Bíblicas, promovidos pela entidade. Uma exposição sobre o tema, com peças do Museu da Bíblia (MuBi), percorrerá vários pontos do País, a partir de fevereiro, e será destaque também no espaço cultural da SBB, em Barueri (SP).

Além disso, a SBB lança a Nova Almeida Atualizada, revisão da consagrada tradução Almeida Revista e Atualizada, uma das preferidas pelos cristãos brasileiros. Com estilo clássico e linguagem atual, a obra foi desenvolvida tendo como base os textos bíblicos originais em Hebraico, Aramaico e Grego. Outro destaque será a transcrição do Novo Testamento, Salmos e Provérbios em linguagem web. O projeto foi pensado com o objetivo de promover a interação do público jovem com o texto bíblico.

Na programação, não faltarão atividades. As igrejas serão convidadas a realizar maratonas de leitura, ciclos de palestras sobre o Livro Sagrado, cultos especiais, exposições, festivais de música, passeios ciclísticos e carreatas, entre outras atividades.

Esta é a segunda edição do Ano da Bíblia no Brasil. A primeira celebração ocorreu em 2008 e teve como tema “Bíblia Sagrada – Um livro para todos”.

Siga-nos

Mais do Guiame