'A morte da razão' - Francis A. Schaeffer

Estamos no século 21 e as pessoas continuam correndo atrás de experiências. Abrem mão de pensar

Fonte: UltimatoAtualizado: terça-feira, 16 de dezembro de 2014 16:59
livro_Francis
livro_Francis

livro_FrancisNão faz muito tempo, a razão – nossa capacidade de pensar, avaliar – era a base para a busca da verdade. Não é mais. Hoje, o que vale é “o que você está sentindo no coração”. É assim na música, na TV, no cinema, enfim, no mundo das artes, e também na igreja.

Estamos no século 21 e as pessoas continuam correndo atrás de experiências. Abrem mão de pensar. Mesmo os cristãos apresentam um evangelho com pouco ou nenhum significado, cheio de símbolos e emoções, que, cada vez mais, resulta na “morte” da razão.

Como entender uma sociedade assim e comunicar-lhe o evangelho? Como o pensamento e a cultura moderna chegaram até aqui? A Morte da Razão responde a estas e outras perguntas, e, melhor, mostra tanto o propósito como a esperança que encontramos na reflexão bíblica.

Autor de 'A Arte e a Bíblia', Francis A. Schaeffer (1912-1984) foi um dos pensadores cristãos mais influentes do século 20. Fundou a comunidade L’Abri na Suíça, ministério de alcance internacional, e escreveu diversos livros, entre eles O Deus que Intervém e A Morte da Razão, com milhões de exemplares vendidos em todo o mundo.

Assunto: Apologética, Liderança, Vida Cristã
Ano: 2014
Editora: Ultimato | ABU Editora

 

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame