Antônio Carlos Costa "Espero mostrar o quanto a Igreja e a sociedade devem interferir no controle social"

Pastor e fundador da ONG Rio de Paz fala sobre o livro que irá lançar pela Mundo Cristo ainda este ano

Fonte: Guiame, com informações da editora Mundo CristãoAtualizado: quarta-feira, 4 de março de 2015 19:01
Antônio Carlos Costa
Antônio Carlos Costa

O pastor Antônio Carlos Costa é fundador e presidente da ONG Rio de Paz. No primeiro semestre de 2015, ele lança seu primeiro livro pela editora Mundo Cristão.

Em entrevista à MC, ele fala sobre a necessidade de uma mobilização entre os cristãos para melhorar a socidade. Com isso, ele afirma que o livro visa ajudar no movimento de "diminuir a desigualdade social, atacar violações dos direitos humanos que são praticadas contra os menos favorecidos e pressionar as autoridades públicas no sentido de implementarem políticas que criem oportunidade de vida para os moradores de comunidades pobres."

Antônio Carlos explica que o livro nasce de suas experiências pessoais, principalmente com o submundo do Rio de Janeiro, em favelas e prisões. "Isso tudo aumentou o meu nível de indignação com a capacidade do Estado, da Sociedade e da Igreja lidarem com tamanha indiferença o sofrimento de tantos", pondera o pastor, já adiantando que a publicação trará diversas dessas experiências relatadas.

"O que eu espero com essa obra é mostrar o quanto a Igreja e a sociedade devem interferir nesse controle social sobre o poder econômico e o poder político, a fim de que estes não usem do poder de que dispõem para oprimir, mas sim que estejam envolvidos com o trabalho de viabilização da vida do pobre," destaca o presidente da Rio de Paz.

O pastor conta que a obra é toda baseada na Bíblia Sagrada e trabalhada, principalmente, em cima do livro de Tiago. "O livro está repleto de textos da Bíblia, afinal, sou um ativista social, líder de ONG, que faz trabalho jornalístico, mas que tem como principal chamado a proclamação dos textos das Sagradas Escrituras", afirma.

Sobre as palavras-chave do livro, ele cita: pobreza, amor, missão da igreja, Jesus cristo, manifestação de rua, evangelho e lobby.

 

.

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame