MENU

Israel

Judeus messiânicos relatam proteção de Deus em incêndio em Jerusalém: ‘Oramos o Salmo 91’

Judeus messiânicos — que creem em Jesus como Messias — testemunharam a proteção de Deus em meio às chamas.

Fonte: Guiame, com informações do Kehila NewsAtualizado: quarta-feira, 25 de agosto de 2021 14:40
Fumaça do incêndio florestal se espalhou por Jerusalém em 15 de agosto. (Foto: Mick Weinstein/Times of Israel)
Fumaça do incêndio florestal se espalhou por Jerusalém em 15 de agosto. (Foto: Mick Weinstein/Times of Israel)

Um dos maiores incêndios na história de Israel afetou consumiu cerca de 25.500 hectares de uma floresta nas proximidades de Jerusalém em 15 de agosto. Moradores foram evacuados e mais de 1.500 bombeiros trabalharam por três dias seguidos para controlar as chamas. 

Apesar dos imensos danos, judeus messiânicos — que creem em Jesus como Messias — testemunharam a proteção de Deus em meio às chamas. Tal (nome fictício) mora com sua família em um dos pequenos vilarejos a oeste de Jerusalém, afetados pelo incêndio.

Ele relatou ao site Kehila News que viu as chamas enquanto voltava para casa e, apressadamente, colocou sua família no carro. “O calor estava insuportável. Nunca vivi nada parecido, foi realmente assustador”, disse Tal.

“Saímos e oramos, sem saber se teríamos um lar para onde voltar”, relata Tal. “Enquanto dirigimos, a gente orava e dizia: 'Senhor, Tu és soberano. Tu podes fazer um milagre. Por favor. Nos deixe voltar para casa'. Não parecia possível. Tudo ao redor pegou fogo, os ventos estavam fortes e os bombeiros ainda nem haviam chegado à nossa aldeia.”

Alguns moradores da comunidade não conseguiram evacuar a tempo e já não conseguiram ser alcançados pelos bombeiros. Eles apenas seguiram a orientação de se cobrirem com cobertores molhados, enquanto alguns usavam as mangueiras do quintal para combater as chamas.

Outra judia messiânica, Orly (nome fictício), também mora em um vilarejo a oeste de Jerusalém. Por sua casa estar localizada no alto, ela conta que frequentemente vê focos de incêndio, mas desta vez foi diferente — e o próprio Deus a alertou sobre isso.

“Eu senti fortemente do Senhor que a gente precisava se preparar para evacuar”, disse ao Kehila News. Vinte minutos depois, ela recebeu uma mensagem em seu celular informando que a aldeia precisava ser evacuada.


Serviços de emergência próximo a Jerusalém em 15 de agosto de 2021. (Foto: Yonatan Sindel/Flash90)

“Foi pela graça de Deus que senti que precisava me preparar com antecedência”, lembra Orly, que colocou as crianças e os animais de estimação no carro e, quando saiu, a eletricidade da casa já havia sido desligada. “Ao dirigir vi que o fogo já havia se espalhado para alguns pontos dentro da aldeia. Meus filhos sabem o Salmo 91 de cor, por isso oramos em voz alta juntos, enquanto dirigimos. Chorei o tempo todo, não sabia o que ia acontecer.”

Milagre após o incêndio

Tal e sua família foram à casa de parentes em Tel Aviv, enquanto aguardavam permissão para voltar à sua propriedade. Orly ficou na comunidade comunitária Yad-Hashmona, localizada nas montanhas da Judeia, que reúne judeus crentes em Jesus.

Orly testemunha: “Acompanhei as notícias e, pela filmagem, parece que metade da nossa aldeia pegou fogo. Mas foi como se Deus colocasse a mão contra o fogo e não permitisse que consumisse as casas. Uma pessoa teve um carro queimado, mas não a casa. O jardim de outra pessoa pegou fogo e uma árvore ao lado da casa queimou, mas a casa não pegou fogo. Um de meus vizinhos disse: 'Agora eu sei que Deus me ama'. Foi um milagre.”

Tal viu outro milagre: sua casa não foi afetada pelo incêndio. “Nossa casa ficou intacta, nem mesmo nosso jardim foi danificado”, conta. “Isso apenas mostra o poder da oração.”

Orly também expressou sua gratidão ao voltar para casa. “Agradeço a Deus de todo o coração, mais do que nunca. E agradeço a todos que oraram. Voltamos para casa e tudo estava exatamente como tínhamos deixado”, celebra.

Por fim, o Kehila News lembrou do texto de Isaías 43:2-3, que diz: “Quando você andar através do fogo, você não se queimará; as chamas não o deixarão em brasas. Pois eu sou o Senhor, o seu Deus, o Santo de Israel, o seu Salvador”.

Siga-nos

Mais do Guiame