MENU

Israel

Cristãos ajudam famílias pobres e órfãos para “espalhar o amor de Deus” em Israel

A organização já distribuiu mais de US$ 11 milhões para ajudar mais de 260.000 pessoas.

Fonte: Guiame, com informações do Jerusalem PostAtualizado: sexta-feira, 27 de agosto de 2021 19:14
Yael Eckstein e uma idosa contemplada pela IFCJ em Israel. (Foto: Erik Davis)
Yael Eckstein e uma idosa contemplada pela IFCJ em Israel. (Foto: Erik Davis)

A Associação Internacional de Cristãos e Judeus (IFCJ, na sigla em inglês) lançou uma campanha com o objetivo de ajudar judeus e israelenses em necessidade.

A IFCJ busca construir pontes entre cristãos e judeus, abençoando Israel e o povo judeu em todo o mundo com assistência humanitária. A organização já distribuiu mais de US$ 11 milhões para ajudar mais de 260.000 pessoas com as despesas do Rosh Hashaná e o início do novo ano escolar, incluindo idosos, soldados solitários e crianças órfãs. 

Isso foi possível através de milhares de doadores que apoiam Israel. 

“A associação aumentou muito nosso orçamento para fornecer alimentos e outras necessidades básicas para famílias, idosos e crianças”, disse a presidente e CEO, Yael Eckstein. “Somos gratos às centenas de milhares de doadores que, apesar da crise global, estão se mobilizando para ajudar o povo de Israel e os judeus em risco em todo o mundo”.

Antes do início do novo ano letivo, bem como do Rosh Hashaná e do Yom Kippur, a associação está ampliando o escopo de seus esforços filantrópicos. “Queremos que eles possam comemorar o feriado com dignidade”, disse Eckstein. 

A campanha inclui mais de 30.000 vouchers para compra de alimentos, 15.000 vouchers para compra de material escolar, US$ 900.000 em doações para organizações de ajuda, US$ 75.000 para presentes de Natal para idosos e mais de 8.000 pacotes de alimentos a serem distribuídos a famílias apoiadas pelo Programa de Segurança Nutricional e Yad B'Yad (que significa Mão na Mão) na cidade israelense de Lod.

“Espalhar o amor de Deus aos necessitados é nosso objetivo”, afirma Yael. “Estamos abençoando os filhos de Deus de maneiras muito tangíveis, fornecendo alimentos para as famílias durante esses dias santos, principalmente por causa da generosidade dos cristãos.”

Yael lembra: “O profeta Isaías nos diz que Deus não se agrada de uma demonstração externa de devoção, mas de atos de serviço, como alimentar os famintos e vestir os nus.”

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame