Projeto de Ano Novo : Uma vida nova

Projeto de Ano Novo : Uma vida nova

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:31

Emagrecer, praticar exercícios, ter um bebê. Cada vez mais, os filhos integram a já famosa lista de promessas de fim de ano. O planejamento de uma família já se tornou tão comum quanto a escolha de uma profissão, ou dos cursos e atividades profissionais.

"Assim como as pessoas pensam suas carreiras ou seus investimentos, ter filhos também se tornou um projeto de vida, com data marcada para ser cumprido", destaca o médico e professor da UFMG, Selmo Geber.

Para os casais que pretendem realizar o sonho em breve, a medicina reprodutiva pode ajudar bastante. Um check up geral da futura mamãe pode diagnosticar problemas que prejudicam a gravidez. Um bom pré-natal acompanha o desenvolvimento do bebê e evita surpresas na hora do parto.

Quando a cegonha não vem

Para quem planejou e tentou durante todo o ano, mas ainda não conseguiu engravidar, as clínicas de reprodução assistida podem ser a solução para o problema. Em todo o mundo, um em cada seis casais sofre por não conseguir ter filhos depois 12 meses de tentativas.

No Brasil, 15% desses casais em idade fértil apresentam algum problema relacionado à capacidade reprodutiva. Mas o Dr. Selmo Geber alerta que a maioria dos problemas de fertilidade é contornável. "Com orientação profissional, o casal pode descobrir se a causa do problema é tratável e quais serão os procedimentos necessários", diz Geber.

Quando o sonho pode (ou não) ser adiado

São diversas as causas da infertilidade: 10% dos casos não têm motivo aparente, 40% afetam as mulheres, 40% os homens e 10% são atribuídos aos dois. A idade acima de 35 anos, o excesso de peso, doenças sexualmente transmissíveis, excesso de exercícios físicos e o cigarro são fatores que diminuem consideravelmente as chances naturais da mulher engravidar. A idade é determinante: aquelas com até 25 anos têm de 20% a 25% de chances de engravidar em um ciclo; dos 35 aos 40 anos, cai para 5% e aos 45 anos a probabilidade é de apenas 1%.

As mulheres com mais de 30 anos que têm outros projetos antes de engravidar, podem reduzir a carga de ansiedade com exames simples que medem a reserva de óvulos. "Estes testes são excelentes métodos de avaliação da reserva folicular da mulher, estão disponíveis e podem ser realizados durante o período menstrual", explica o Dr. Gelber.

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame