Coluna de sustentação de um casamento: Valores morais fortes

Coluna de sustentação de um casamento: Valores morais fortes

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:54

"Manterei minha retidão, e nunca a deixarei; enquanto eu viver, a minha consciência não me repreenderá.” Jo 27:6.

Os estudiosos e pesquisadores têm concluído que casais que cultivam valores morais fortes, geralmente, mantém um relacionamento estável por longos períodos, quem sabe, por toda uma vida.

Por sua vez, casais que não se importam muito com tais valores, que relativizam princípios importantes, e cujo hedonismo é exacerbado, onde tudo é válido desde que  dê prazer, não costumam durar por muito tempo.

Fico triste quando escuto pessoas falando em desistir da honestidade por ver prosperar a injustiça, de maneira a se nivelar por baixo e não por cima, e fico feliz quando ouço histórias de casais que revelam um caráter íntegro, firmeza de valores, isso é santidade de vida.

Algumas pessoas abandonam a fidelidade, que é uma das grandes virtudes por motivos banais. Já tratei com pessoas que falavam em separação em virtude de uma crise financeira ocasional, por exemplo.Também já orientei outras que ameaçavam trair o marido por se sentir mal amada, sem, no entanto, buscar solucionar o problema através do diálogo. Isso é falta de caráter. A verdade é que algumas pessoas criam outros problemas ao invés de resolverem os que já existem dentro de seus relacionamentos.

Penso que devemos tratar a nossa integridade moral , como algo inegociável, santo mesmo. Abandonar todo tipo de trapaça e falcatruas, não compactuar com o mal, falar e viver a verdade mesmo quando isso possa nos prejudicar. Paulo fala disso:

“Na verdade é já realmente uma falta entre vós, terdes demandas uns contra os outros. Por que não sofreis antes a injustiça? Por que não sofreis antes o dano.” I Co 6:7.

Ele está dizendo que é uma vergonha irmãos viverem em litígios nos tribunais humanos, para ele seria melhor ficar com o prejuizo, com o dano, do que ver tais coisas acontecendo. Quando abrimos mão de nossos direitos por amor ao evangelho, Cristo se torna o nosso defensor, e de alguma forma espantosa seremos recompensados por esta decisão.

Outros há que mantém a sua retidão até que cheguem as pressões, porém não têm estrutura suficiente para se conservarem honestos e sinceros e logo sucumbem aos apelos e pressões das circunstâncias.

Encontramos na Bíblia a história de um marido integro, mas casado com uma mulher que não soube se manter em fidelidade quando veio a pressão, este casal é Urias e Bate Seba.

Veja a história:

“E aconteceu que, tendo decorrido um ano, no tempo em que os reis saem à guerra, enviou Davi a Joabe, e com ele os seus servos, e a todo o Israel; e eles destruíram os filhos de Amom, e cercaram a Rabá; porém Davi ficou em Jerusalém.E aconteceu que numa tarde Davi se levantou do seu leito, e andava passeando no terraço da casa real, e viu do terraço a uma mulher que se estava lavando; e era esta mulher mui formosa à vista.E mandou Davi indagar quem era aquela mulher; e disseram: Porventura não é esta Bate-Seba, filha de Eliã, mulher de Urias, o heteu?Então enviou Davi mensageiros, e mandou trazê-la; e ela veio, e ele se deitou com ela (pois já estava purificada da sua imundícia); então voltou ela para sua casa.E a mulher concebeu; e mandou dizer a Davi: Estou grávida.Então Davi mandou dizer a Joabe: Envia-me Urias o heteu. E Joabe enviou Urias a Davi.Vindo, pois, Urias a ele, perguntou Davi como passava Joabe, e como estava o povo, e como ia a guerra.Depois disse Davi a Urias: Desce à tua casa, e lava os teus pés. E, saindo Urias da casa real, logo lhe foi mandado um presente da mesa do rei.Porém Urias se deitou à porta da casa real, com todos os servos do seu senhor; e não desceu à sua casa.E fizeram saber isto a Davi, dizendo: Urias não desceu a sua casa. Então disse Davi a Urias: Não vens tu duma jornada? Por que não desceste à tua casa?E disse Urias a Davi: A arca, e Israel, e Judá ficaram em tendas; e Joabe, meu senhor, e os servos de meu senhor estão acampados no campo; e hei de eu entrar na minha casa, para comer e beber, e para me deitar com minha mulher? Pela tua vida, e pela vida da tua alma, não farei tal coisa.Então disse Davi a Urias: Demora-te aqui ainda hoje, e amanhã te despedirei. Urias, pois, ficou em Jerusalém aquele dia e o seguinte.E Davi o convidou, e comeu e bebeu diante dele, e o embebedou; e à tarde saiu a deitar-se na sua cama com os servos de seu senhor; porém não desceu à sua casa.E sucedeu que pela manhã Davi escreveu uma carta a Joabe; e mandou-lha por mão de Urias.Escreveu na carta, dizendo: Ponde a Urias na frente da maior força da peleja; e retirai-vos de detrás dele, para que seja ferido e morra.” 2Sm11:1-15

Entendamos o fato: Urias estava na guerra, e provavelmente, a sua mulher Bate Seba, vivendo um tempo de carência afetiva e sexual, e não cuidou de se manter honesta naquele momento especial de sua vida, e deu causa a um adultério com o Rei Davi, sendo negligente e facilitando para que ele a visse nua tomando banho. E ele por sua vez, perdeu a postura ética de um rei, de um guerreiro, de homem de Deus, que bastou ficar desocupado, em momento de lazer, que tratou logo de dar vazão a carne adulterando com ela.

Depois de consumado o adultério e recebida a noticia que ela estava grávida, Davi tentou ajeitar as coisas e chamou Urias e mandou que ele descansasse um pouco e fosse dormir em sua casa, desejando com isso justificar a gravidez.Urias, porém, a integridade deste homem era espantosa, e disse ao Rei que jamais se deitaria com sua mulher enquanto homens estavam lá no fronte da batalha.Olha que postura, que decência, realmente, um reto e justo!

Ele poderia se auto justificar assim: “Que diferença faz eu dormir com minha mulher ou dormir nas escadarias do palácio, isso não muda em nada a luta que eles estão travando lá no campo de batalha, afinal de contas, eu estou aqui a mando do rei”. Mas não, Urias travava naquele instante não uma luta contra um inimigo externo, desconhecido, mas consigo mesmo, uma luta contra a sua carne, sua libido, sua sede de sexo,seus hormônios, uma luta para manter a sua honradez e dignidade.

No brasão da Polícia Militar de São Paulo, tem o seguinte lema: “Lealdade e constância”, é incrível isto, lealdade em todos os momentos, inclusive, na pressão.Este é o desafio.

Urias era “um colosso” de pessoa , parafraseando  o vice presidente José de Alencar,  pois, nem quando alcoolizado ele perdia a integridade de guerreiro; não é sem motivo que a bíblia se refere a ele como um herói.

O resto da história você sabe, Davi foi tão convarde e injusto que escreveu uma carta ao comandante Joabe e mandou que o próprio Urias a levasse, e naquela carta estava a sua sentença de morte.

Deus se aborreceu com isto, e quando nasceu o filho de Davi e Bate Seba, Ele o recolheu e provocou um grande sofrimento no casal.

Encontramos na Bíblia exemplos poderosos de casais que mantiveram a sua integridade mesmo diante das pressões e circunstâncias adversas.

Jó também era um caso desses; sua esposa vendo que tudo estava indo de mal a pior mandou que ele abandonasse a sua integridade, amaldiçoasse a Deus e morresse (Jó 2:9), mas ele retrucou dizendo que ela deveria estar louca para falar algo assim. A integridade de Jó fez com que o seu casamento se sustentasse até o fim dos seus dias, a crise passou, a retribuição de Deus chegou e eles estavam juntos como marido e mulher e assim geraram mais dez filhos.

Valores forte deram a sustentação ao casamento de Jó.

Outro dia um marido me disse: “Pastor, minha mulher é linda no seu interior e isso me basta. Sou apaixonado por ela, por aquilo que ela é enquanto pessoa humana e não só pelo prazer que o seu corpo possa me oferecer.”

Eu achei muito bonito isto, numa geração que valoriza a beleza física, a perfeição corpórea, encontrarmos alguém exaltando a beleza moral de sua esposa.

A verdade é que somos atraídos não só pela beleza das pessoas, mas também pelas suas virtudes. Em I Pe 3, a Bíblia recomenda que as mulheres não façam de sua beleza física uma prioridade, mesmo porque à medida que envelhecemos o padrão de beleza vai sofrendo alterações, de forma que não pode ser a garantia de continuidade de um relacionamento.Ele recomenda que as mulheres busquem a beleza interior, ou seja, que acrescentem valores morais em suas vidas.

Muitas vezes vejo moças lindas, modelos de beleza na TV, mas que são tão superficiais, tão programadas, sempre com as mesmas palavras, os mesmos sonhos, tudo muito artificial, e fico com pena, um desperdício e assim o brilho se esvai.

Um homem que tenha um pouquinho de profundidade no seu caráter não se contenta só com a beleza física de uma mulher, ele exige algo mais, que são os atributos de caráter moral e espiritual, e isso o atrai, chama a sua atenção.Penso que seja o caso do homem cristão, pois cultiva o bem dentro de seu coração.

Vamos conferir o resultado de uma pesquisa feita com 15.000 pessoas de ambos os sexos, na faixa etária de 17 a 60 anos, e veja o que homens procuram em suas parceiras e também o que as mulheres procuram nos homens:

O que os homens procuram(por ordem de importância):

1-Personalidade

2-Boa aparência

3-Inteligência

4-Humor

5-Corpo bonito

Perceba que a beleza física não é a principal virtude que um homem busca em uma mulher, mas sim a sua personalidade.

O que as mulheres procuram:( por ordem de importância):

1-Personalidade

2-Humor

3-Sensibilidade

4-Inteligência

5-Corpo bonito

A mídia fala tanto em beleza física, valorizando o corpo e as formas para vender seus produtos, que nós começamos a acreditar que a beleza física é tudo, em detrimento do que é mais importante, que são os valores morais e espirituais da pessoa.

Fico imaginando a situação de Abigail (I Sm 25) cujo marido era Nabal, um louco, de acordo com o significado do nome e de acordo também com o seu proceder.Com sua avareza negou uma ajuda a Davi quando este fugia de Saul, não reconhecendo que de alguma forma o grupo de Davi servia como protetores de seu rebanho e custaria muito pouco para ele retribuir-lhe a bondade. Davi, cheio de ódio preparou a sua tropa para arrasar com toda a família e a propriedade dele, mas quando Abigail soube desta ameaça, foi ter com ele e pediu miserícordia. Sabe o que Nabal fazia nesse meio tempo? Festava e se embebedava sem se dar conta do mal que estava chegando. Meu Deus !!, quantos maridos, hoje, se parecem com este louco. É grande o número de mulheres que têm de assumir tudo sozinhas por falta de hombridade de seus maridos, um verdadeiro desinteresse pela proteção da família, descaso com o papel que lhe foi atribuído pelo casamento.

Abigail deixou claro que estava infeliz pela pobreza moral de seu marido, estava envergonhada do seu comportamento, um homem duro, maldoso, intratável, então, Deus vendo a sua luta deu um jeito de tirá-lo desta terra e deixa-la livre para ser feliz com outro homem, no caso , o próprio Davi que a tomou para si como esposa. Sorte dele, vez que esta mulher tinha como companheira a sabedoria e a iniciativa, valente e corajosa, uma mulher honrada e dona de uma grande beleza.Mais tarde esta mulher foi levada cativa pelos inimigos.Davi sentou e chorou até não ter mais força para chorar, depois, fortaleceu-se no Senhor e foi buscá-la de volta( I Sm 30).Ele lutou por ela.

Quantas histórias parecidas com esta, onde cônjuges são objetos de vergonha, desonestos nas pequenas e grandes coisas, mau exemplo para a família, tristeza e decepções, verdadeiras casas construídas na areia, que a qualquer momento irá ruir por falta de alicerce moral.

Então é isto, quando valores morais fortes estão presentes em ambos, marido e esposa, isto constitue-se em coluna de sustenção que vai manter o casamento firme por longo tempo, daí a necessidade de cada cônjuge buscar firmar seus valores, pois haverá tempos e fases na vida que esses valores darão suporte para a continuidade do seu casamento.

Entretanto, quando valores morais estão ausentes no casamento, este não pode suster-se por muito tempo.Fama, beleza, dinheiro, sucesso, são coisas pequenas demais para dar suporte a um relacionamento.

E conforme mostrou a pesquisa, além de que facilitar o relacionamento ainda atrai o coração de um para com o outro, trazendo respeito e admiração, que é o que mais se procura um no outro.

A verdade é que o próprio Deus se alegra quando se depara com alguém amadurecido nos seus valores, ele mesmo diz assim:

“Quanto aos santos que há na terra, são eles os notáveis nos quais tenho todo o meu prazer.” Salmos 16:3

Que você seja o melhor de Deus para o teu cônjuge, agregue valores, amadureca, aperfeiçoe, mude o coração, aparte-se do mau, faça o que é bom e justo, isso trará bons resultados para o seu relacionamento conjugal.

Faça um limpeza no seu coração e na sua casa também, ensine isto aos seus filhos, desafie-os a seguirem a justiça e a retidão, faça disso uma bandeira, pois isto, é santidade, e conforme diz a bíblia, a santidade convém aos filhos de Deus.

Leia o que Deus disse a seu povo em Exodo 23, ele promete abençoar o pão e a água, tirar as enfermidades do seu meio, fazer com que não haja esterelidade, fará com que os inimigos batam em retirada, e ainda, que mandará um anjo sempre a frente nas lutas. E qual a condição para que isso aconteça? Que o povo não faça boato maldoso, não seja mentiroso, não torça o direito, não pratique a maldade só porque a maioria o faz. Então quando isto acontece, Ele nos abençoa em nosso viver diário, seja no casamento, no trabalho, enfim, em tudo.

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame