Xenofobia

Xenofobia

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:32

O movimento de resistência dos evangélicos é contra a inconstitucionalidade de textos inseridos da lei que regulamenta a discriminação sexual. Esta manifestação visa apenas garantir nossos direitos constitucionais de expressar opinião sobre qualquer assunto.

Nossa fé considera a discriminação como um comportamento pecaminoso, pois a Bíblia diz que Deus é possuidor de um amor universal não excludente e ninguém deixará de ser alcançado por Ele, caso assim o deseje.

A Bíblia é um patrimônio da humanidade e esta lei a descrimina, visto que expressa claramente a sua opinião sobre o assunto. O texto de Gênesis diz que ao criar a raça humana, Deus os fez HOMEM E MULHER.

Vemos, no entanto, a pessoa do homossexual com preocupação, pois é portador de deformações. Olhamos para ele com carinho, e por isto mesmo, nossa abordagem visa a sua reabilitação. Entendemos como deformado, o uso dos órgãos pertencentes ao aparelho digestivo como instrumento de sexo.

No que se refere a esta lei, tenho a dizer que mordaça é uma característica de regimes totalitários. Se este é o primeiro passo na direção de formar este tipo de regime no Brasil, creio que nossas autoridades deveriam acenar com esta possibilidade mais claramente.

Problemas pessoais, anomalias comportamentais e atitudes agressivas não são mudadas com decretos, mas com tratamento. Ninguém se torna feliz ou deixa de ser xenófobo por causa da promulgação de uma lei. O homossexual acalenta problemas de auto-aceitação, não gosta dele mesmo e agride com violência sua aparência original.

De outro lado, o xenófobo não gosta do mundo e precisa desesperadamente encontrar algo ou alguém onde descarregar sua agressividade.

Os líderes de nossa nação e do mundo têm tratado problemas íntimos com legislação cosmética. Quem sabe esta discussão social poderá nos conduzir a virada de um placar até agora adverso, fomentando atitudes que tratam do coração e não apenas da pele. Se vocês não querem ou, por força de lei, não podem fazer isto, permitam que nós (sacerdotes do Altíssimo), tenhamos liberdade para desempenhar este papel, pois estamos aqui para isto.

“Acima de tudo o que se deve guardar, guarde o seu coração, pois dele procedem as saídas da vida” (Palavras de Jesus Cristo)

Jesus quer conquistar o seu coração

Dica: www.editoranaos.com.br

Ubirajara Crespo é pastor, escritor, conferencista, editor e diretor da Editora Naós.

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame