Quem fará estas obras?

Quem fará estas obras?

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:32

Jo 14.12: "Em verdade, em verdade vos digo que aquele que crê em mim fará também as obras que eu faço e outras maiores fará, porque eu vou para junto do Pai" .

Fazer as mesmas obras ou ainda maiores que Jesus, deve ter mais relação com a qualidade do que com o tipo e a quantidade. Tem mais a ver com a motivação, o método e o espírito servil de quem as realiza do que com a quantidade de curas, o número de pessoas alcançadas, de dons espirituais, do tamanho das visões, de prestígio angariado, de arrecadação alcançada, de carros comprados e de casas próprias. De que adianta ser capaz de atrair grandes multidões e ao mesmo tempo gostar demasiadamente de bajulação, de tietagem, de dinheiro e de tirar vantagem da sua posição? Você acha que este tipo de gente alcançou alguma coisa no Reino de Deus?

O maior problema encontrado na Igreja atual é que nela circulam dois tipos de pessoas, as que fazem grandes realizações, mas são soberbas e as que não são soberbas, mas não fazem grandes coisas.

Será que um dia teremos alguém que é capaz de segurar a soberba, assim como fez Jesus, mas mesmo assim, realizar grandes obras? Será que este tipo de avivamento tem vez na atual estrutura eclesiástica que honra os soberbos e despreza os humildes?  

Se um dia alcançarmos este tipo de disposição, estaremos prontos. Enquanto alimentava multidões, curava paralíticos, se transfigurava no monte e ressuscitada mortos, era manso e humilde.

O que devemos procurar como sinal de espiritualidade, sinais ou humildade de coração? Você conseguiria ter os dois?

O derramar abundante do Espírito Santo sobre toda a carne unifica o mundo espiritual e o natural (Espírito sobre a carne), nos capacitando a cumprir tarefas que pessoas comuns não conseguiriam: "...recebereis poder, ao descer sobre vós o Espírito Santo". Não estamos enquadrados em limites humanos, nossos limites são bem maiores, são os limites do próprio Deus, e Ele, você sabe... É infinito!!! Nossos limites são determinados pela área de ocupação que o Espírito de Deus conquistou em nosso interior.

Este versículo é considerado o mais pentecostal de toda a Bíblia. Ser pentecostal é usar o poder do Espírito Santo como munição para manifestações sobrenaturais? O que vai sobrar para a prática do amor, da misericórdia, da ética. Jesus nos capacita a fazer obras ainda maiores do que as dele. Isto não se restringe a ações como expulsar demônios e profetizar. O Espírito Santo nos abastece de munição suficiente para responder ao mal com o bem, dar a outra face, andar outra milha e abençoar aos que nos perseguem.

Ubirajara Crespo é pastor, escritor, conferencista, editor e diretor da Editora Naós.

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame