O criador das trevas

O criador das trevas

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:28

Is 45: Deus criou o bem e o mal, uma declaração explicada  dentro do contexto de todo este capítulo. "Eu formo a luz e crio as trevas; faço a paz e crio o mal; eu, o SENHOR, faço todas estas coisas" (V.7).  

Ciro, Imperador da Pérsia foi tomado por uma profunda simpatia por Israel (Leia Esdras 2.2). Autorizou e muniu Esdras e seus companheiros de recursos suficientes para a reconstrução de Jerusalém.

Ciro tinha sob seu controle um império de dimensões globais. Realizou sonhos de conquista que Napoleão e Hitler não concretizaram. Todos tremiam diante deste senhor da vida e da morte.

Mal sabia ele que a mão mais pesada não era a do Ciro, mas a que que se movia acima dele. Abriu caminhos, afrouxou defesas inimigas, afiou sua espada e fortaleceu seu braço. "quebrarei as portas de bronze e despedaçarei as trancas de ferro. Assim diz o SENHOR ao seu ungido, a Ciro..." (V.1).

Puxando ou dando corda para as pessoas certas facilitou a ascensão de Ciro, dando-lhe o poder de transmitir vida a Israel, uma terra devastada pela guerra. O Estado judeu foi construído em ambiente onde a sobrevivência só era possível mediante o extremo uso da força. Ou mata ou morre! Espírito que ainda predomina na região. Só sobreviveram as nações que se aliançaram com os poderosos.

Reinos não se formavam com afagos e distribuição de balas de caramelo. Alianças, conchavos, decretos e corte de cabeças até que, finalmente, o poder foi colocado nas mãos do imperador que decretou o renascimento de Israel.

Deus sabe como manipular o mal e o bem para que, no final, tudo esteja como Ele planejou.

Os reis da terra, inclusive lúcifer, tentam se livrar destas algemas. Em algumas ocasiões parece que estão prestes a conseguir. Apesar das tramóias, e do o uso político do mal e do bem, colaboraram para que os decretos de Deus fossem cumpridos. Ciro foi surpreendido colaborando inconscientemente com Deus. Jeová lhe falou: "Por amor do meu servo Jacó e de Israel, meu escolhido, eu te chamei, ...te cingirei, ainda que não me conheces" (Vs. 4,5).

Nossos primeiros pais não estavam preparados para conhecer o bem e o mal desta maneira. Precipitados, forjaram o conhecimento destes poderes do jeito da serpente.

Israel foi eleita como o centro das ações de Deus na Terra. É onde foi construido o berço do messianismo, onde cresce, amadurecerá e permanecerá para sempre.

Ubirajara Crespo

Ubirajara Crespo é pastor, escritor, conferencista, editor e diretor da Editora Naós.

Visite o Blog sob Nova Direção - http://sob-nova-direcao.blogspot.com/  

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame