Na minha casa ainda mora uma família

No dia dos pais ganho beijos, abraços, presentes e derramo lágrimas de felicidade. Isto ocorre a quase 40 anos...

Fonte: guiame.com.brAtualizado: sexta-feira, 10 de outubro de 2014 16:03
família_
família_

família_Nas altas camadas governamentais rola um processo de estrangulamento da família. Nosso dever é denunciar, combater e estancar esta ação maligna.

Algumas escolas aboliram a comemoração do dia dos pais e das mães e a substituíram pelo "dia daqueles que cuidam de mim".

Na minha casa ainda mora uma família. No dia dos pais ganho beijos, abraços, presentes e derramo lágrimas de felicidade. Isto ocorre a quase 40 anos. Lembro-me como se fosse ontem o tão aguardado primeiro dia dos pais.

Estas pessoas não sabem o significado da palavra Pai ou mãe, não tiveram pais que sabiam ser pais. Se tivessem não tentariam destruir o conceito e impedir que outras crianças perdessem esta experiência.

Um de meus filhos, assentado ao meu colo disse, quase chorando:

— pai, eu não quero crescer.
— por que, filho?
— eu não posso perder este colinho tão gostoso.

Perdi o fôlego, tentei congelar a cena, eternizar o tempo, sei lá. Só sei que emudeci por um longo minuto sem voz e os olhos marejados.

De vez em quando ligo a máquina do tempo e fico entorpecido, quase bêbado, parado, saudoso e lacrimejando .....

Infelizmente aconteceu, já tentei segurá-los no meu colo, mas já não dá mais. Felizmente a felicidade se renova com os netos.

O que farão conosco, os avós?

Espero que não nos tirem esta felicidade. Se fizerem isto, pode me levar, Jesus, me tira daqui. Não me deixe ver mais esta.


- Ubirajara Crespo

 

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame