A defesa da divindade humana

A defesa da divindade humana

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:31

O ser humano tem sido vítima da sedução exercida por cargos, posições, poder, domínio e promessas de grandeza. Foi em meio a essa conversa sedutora sobre grandeza e domínio que Lúcifer seduziu a terça parte dos anjos.

Ele reproduziu entre eles a sua presunção: Assentar-se no trono e ser igual a Deus (Is 14.3).

Gênesis 3.1-5: A queda do homem

Para estender até a Terra a revolução e a pecaminosidade preexistentes, Lúcifer precisou construir um portal no coração humano. Este se tornou a via de acesso mais eficaz utilizada por demônios em qualquer época. Como invasor da privacidade de Adão e Eva, Lúcifer construiu a dúvida, a cobiça, a desobediência e a soberba no coração do primeiro casal. É por essa porta que Satanás penetrou e, sempre que precisa processar uma reentrada, aciona o mesmo dispositivo.

A verdadeira batalha espiritual requer a nossa participação e não está concentrada nas regiões celestiais, nas encruzilhadas, nos postes e nos morros, mas principalmente em nossos corações. Não gaste munição atirando onde não precisa nem desvie seus olhos para alguma região intangível, olhe para dentro de você.

  Visite o Blog sob Nova Direção - http://sob-nova-direcao.blogspot.com/

Ubirajara Crespo é pastor, escritor, conferencista, editor e diretor da Editora Naós.

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame