O Problema do Sofrimento

O problema do mundo somos nós, e não vamos viver um mundo perfeito aqui, o mundo perfeito nos é prometido, no céu, quando o Pai vier nos buscar.

Fonte: Guiame, Mariana MendesAtualizado: terça-feira, 10 de maio de 2022 16:11
(Foto: Pixabay)
(Foto: Pixabay)

Se você já leu algum dos evangelhos, conhece a história da crucificação de Jesus, e deve se lembrar de que quando Cristo estava pendurado, algumas pessoas o desafiaram a descer da cruz e salvar a sai mesmo. Jesus tinha o poder de fazê-lo, Ele podia descer, podia acabar com tudo ali, podia ordenar que fogo do céu caísse naquelas pessoas e convocar seus anjos e interromper todo seu sofrimento. Mas Ele continuou lá, pendurado, aceitando o seu sofrimento – sofrimento este que eu e você jamais poderemos dimensionar -, tudo porquê Deus conhecia o quadro completo, Ele podia ver toda a história, Ele sabia a razão pela qual estava ali e escolheu continuar ali, se sacrificar e ressuscitar três dias depois, garantindo salvação para todos nós.

Quantas vezes nos comportamos como aqueles questionadores? Colocando o poder de Deus em cheque, duvidando da sua existência e da sua bondade, por que Ele não curou? Por que não agiu aqui? Se Deus existisse, as coisas não estariam assim... Começamos a esquecer da origem do mal e colocamos a culpa do caos em Deus. Mas o mal é uma escolha que vem sendo feita pela humanidade desde Adão e Eva, e como é fácil para nós errar e persistir nos nossos erros e pecados, porém, mesmo assim, olhar para o mundo e apenas pensar: por que Deus permite?

O problema do mundo somos nós, e não vamos viver um mundo perfeito aqui, o mundo perfeito nos é prometido, no céu, quando o Pai vier nos buscar e acabar de uma vez por todas com todo o mal do mundo. Na cruz, Cristo garantiu a derrota do mal, mas o reino de Deus vem em estágios, e não estamos no estágio da perfeição, estamos no estágio da espera, da esperança, no estágio de levar a palavra, ter fé, confiar e crer que Deus tem o controle da situação, porque nós vemos apenas partes, mas Ele vê o todo.

Ninguém tem todas as explicações pelas quais as coisas acontecem de certa maneira, porque um é pobre e outro rico, um recebe cura e outro não, um acidente acontece e outro é evitado? Eu não sei, mas não podemos esperar um mundo perfeito aqui, podemos continuar confiando em Deus, nos lembrando de que na liberdade de escolher amá-lo ou não, muitas vezes nos afastamos, porém Ele continua nos amando, Ele continua disponível, seu sacrifício continua real para todo aquele que apenas quiser crer!

O problema do sofrimento só vai acabar quando o pecado não mais existir. E esse dia vai chegar, eu creio, e até que Ele chegue, podemos ser agentes de Deus, podemos continuar a missão de levar o reino, de fazer o bem, de aliviar o sofrimento de pessoas ao nosso redor da melhor forma que pudermos. É nossa missão servir, amar, testemunhar do Deus que nos fez sua imagem e semelhança. Cumpra a missão, apesar do caos que o pecado espalha no mundo, e em breve, Ele voltará e aí sim não haverá mais choro, dor, morte... Não haverá mais sofrimento.

Por Mariana Mendes, escritora e estudante de Letras. Trabalha com mídias sociais e fundou o canal EntreLinhas. Filha do Pai e filha de pastor. É apaixonada por ver a rotina com novos olhares.

* O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: Você serve?

Siga-nos

Mais do Guiame

O Guiame utiliza cookies e outras tecnologias semelhantes para melhorar a sua experiência acordo com a nossa Politica de privacidade e, ao continuar navegando você concorda com essas condições