Democracia? E eu sou obrigado a votar?

Democracia? E eu sou obrigado a votar?

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 10:14

A democracia do nosso país é falha em vários aspectos. As opções que temos para votar são, na sua maioria, muito ruins, o que acaba fazendo com que nossa escolha não seja pelo melhor, e sim pelo menos pior. Isso quando sabemos escolher, ou quem sabe, damos sorte, porque entre os políticos prometerem e depois cumprirem, tem uma gigantesca diferença. Então, no fim das contas, nós podemos escolher, mas temos que escolher entre o ruim e o pior. Ficamos sem uma boa opção, e nem podemos escolher não votar, ir contra tudo isso, será que isso é realmente uma democracia?

O sistema é falho, mas só porque o homem é falho; o homem controla o sistema, e por isso não dá para esperar perfeição disso. Mas quero usar a nossa democracia pra fazer uma analogia com a democracia de Deus. Permita que eu me explique melhor.

Na nossa democracia, eu e você somos obrigados a votar a partir dos 18 anos, você pode não votar, mas tem que dar uma justificativa, pode votar nulo, mas votou pra alguma coisa do mesmo jeito. Na democracia de Deus, somos livres, e somos totalmente livres, podemos escolher obedecer ou não, fazer o certo ou não, quando fazer, o que fazer, que palavras vamos usar, que lugares queremos frequentar, nossa postura, pensamentos; tudo, tudo, tudo, absolutamente para tudo somos livres.

Não se engane, a democracia de Deus é realmente livre, por causa do chamado livre arbítrio, mas ela, como todas as coisas, tem consequências. Aquela famosa frase: "o que se planta, se colhe". Podemos realmente escolher fazer o que quisermos nessa democracia, mas depois vamos receber a consequência, boa ou ruim. O bom é que podemos escolher quem vai ser o presidente nas nossas vidas, quem queremos que determine as leis para vivermos, e controle todo o sistema. E nessa votação temos os dois lados da história, podemos escolher tanto um presidente bom quanto um ruim.

Mas se soubermos escolher o lado certo, vamos achar um mandato perfeito, um mandato que vai por toda nossa vida em ordem. E o bom é que não tem limites, o mandato de Deus pode ser eterno nas nossas vidas, pra enfim acharmos o país dentro de nós, justo, bom, em paz, feliz.

Mariana Longo Mendes   tem 16 anos, é estudante, trabalha com seus pais na área de Propaganda e Marketing e também escreve poesias.

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame