Quando Jorge Amado se encontra com a Casa de Davi

Quando Jorge Amado se encontra com a Casa de Davi

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 10:19

Como é bom perceber que Deus se revela a todos independente de quem sejam e de como estejam. Deixe-me explicar melhor.

Deus, na escritura, se revelou salvificamente mas, na criação, Deus revelou a todos quem ele era. Temos vários textos na escritura que mostram esta revelação, o Salmo 19 fala que ''os céus proclamam a gloria de Deus, sem discurso nem palavra, não se ouve a sua voz. Mas a sua voz ressoa por toda a terra''. Como é bom saber que mesmo uma pessoa não conhecendo a Deus ou até sendo contra Ele, ainda sim Deus pode falar através dela. Falou através de uma mula, não falaria através de um ímpio?

É por isso que não divido a música em evangélicas e seculares, prefiro dividir em músicas boas e músicas ruins. Pois existem muitas músicas chamadas ''gospels'' que falam a palavra Jesus, mas não condizem com o evangelho e, outras músicas chamadas seculares que são mensagem de Deus para nós ou que refletem a sabedoria ou a beleza do amor e da vida.

Mesmo não ouvindo muitas as músicas deles, o Ministério Casa de Davi tem uma música que conta a história de uma mulher que se apaixona por um homem, mostrando que ela está encantada com ele e que a única coisa que deseja é este homem, que no fim dança com ela por causa do amor que ele lhe deu. Vale apena ler a poesia e ouvir a música:

Por Causa do Teu Amor

O teu amor me alcançou

O teu olhar me conquistou

A tua voz me encheu de alegria

Com novo óleo me ungiu

Com linho puro me vestiu

Com jóias me cobriu, Senhor

Meu desejo é te abraçar, meu amado

Meu maior prazer é te beijar, Jesus

Meu coração, alegre,

Explode de tanta paixão,

E gera em mim uma nova canção,

E canto por causa do teu amor

Minha paixão, cresce

Quando em adoração,

Sinto o afago do teu coração,

E danço por causa do teu amor [1]

É interessante que em milhares de igrejas esta música é cantada, mesmo vendo que se tirar o nome Jesus, que nem se encaixa muito na melodia, ela é uma bela música de uma mulher para um homem. É uma bela poesia romântica no estilo de cantares. E que as igrejas não condenam, pois descreve simbolicamente o encontro da noiva com o noivo, ou seja, da igreja com Jesus.

O que um dia me encantou e me fez ficar pasmo, foi quando vi que Deus já etava revelando para outros a maravilhosa história da Igreja e de Jesus.

Sempre contei que a Bíblia narra a história de amor entre um príncipe e uma prostituta, pois é assim que Deus descreve em Oséias. O príncipe vai até ela em forma de plebeu, mas o cafetão não o deixa levá-la. Foi quando, na briga entre os dois, o cafetão mata o príncipe. Mas ele ressuscita, mata o cafetão, pega a prostituta, dá roupas novas e a leva para o seu palácio. Lá eles se casam e no baile do casamento dançam a noite toda.

Nunca gostei das histórias de Jorge Amado e, dizem que o que ele viveu e creu não tinha nada haver com os evangélicos brasileiros.

Mas quando ouvi direito esta música que Djavan fez com a letra dele, pensei: Deus é maravilhoso, ele se revela a todos e mesmo as pedras podem clamar sua história.

Alegre menina

Oh! que fizeste, sultão, de mim alegre menina?

Palácio real lhe dei, um trono de pedraria

Sapato bordado a ouro, esmeraldas e rubis

Ametista para os dedos, vestidos de diamantes

Escravas para serví-la, um lugar no meu dossel

E a chamei de rainha, e a chamei de rainha

Oh! que fizeste, sultão, de minha alegre menina?

Só desejava campina, colher as flores do mato

Só desejava um espelho de vidro prá se mirar

Só desejava o sol calor para bem viver

Só desejava o luar de prata prá repousar

Só desejava o amor dos homens prá bem amar

Só desejava o amor dos homens prá bem amar

No baile real levei a tua alegre menina

Vestida de realeza, com princesas conversou

Com doutores praticou, dançou a dança faceira

Bebeu o vinho mais caro, mordeu fruta estrangeira

Entrou nos braços do rei, rainha mas verdadeira

Entrou nos braços do rei, rainha mas verdadeira. [2]

Não tem como negar, o que Deus faz com a igreja é o mesmo que um sultão faz com a prostituta. Foi exatamente esta a história que Salomão escreveu em Cantares.

Obrigado, Senhor, por nos resgatar em nossos pecados, nos vestir com roupas do palácio e dançar conosco, a tua noiva.

[1] - Casa de Davi - Composição: Davi Silva e Mike Shea

[2] - Djavan - Composição: Jorge Amado e Dorival Caymmi

Marcos Botelho   é pós-graduado em Teologia Urbana, Missionário do Jovens da Verdade, SEPAL. Professor da FLAM - Faculdade Latino Americana de Missões e responsável pelo Terra dos Palhaços Brasil

www.marcosbotelho.com.br www.jvnaestrada.com   

Siga-nos

Mais do Guiame