Mulheres valorosas da Bilblia e do Brasil

Mulheres valorosas da Bilblia e do Brasil

Fonte: Atualizado: sábado, 31 de maio de 2014 09:14

Neste dia internacional da Mulher quero homenagear as mulheres virtuosas, especialmente minha esposa, que é a Pra. Mara, que tem sido valente e valorosa. Também minha nora, Pra. Claudia, e minha filha Gabriele, e com elas, todas as mulheres que lêem este artigo.

Lembrando que hoje também é celebrada a Festa de Purim, comemorada por todos os judeus no mundo todo. A festa foi instituída por uma rainha chamada Ester, há mais de 2500 anos. Esta Rainha, que salvou o povo hebreu da destruição, era ousada e corajosa, além de extremamente bela, inteligente e tinha muita fé.

Ester era escrava, simples, mas DEUS a abençoou e ela casou-se com o Rei Assuero, rei da Pérsia que hoje é o Irã. Certo dia, o Primeiro Ministro do Rei, um homem de mau caráter chamado Hamã, bolou uma trama para liquidar Mardoqueu e o povo hebreu por causa de sua fé no Único Deus de Israel. Ele conseguiu fazer o rei assinar uma lei sentenciando a morte de todos os judeus no dia 13 de Adar (Hoje, 8 de Março); Mardoqueu pediu a ajuda de Ester, que apresentou-se ao Rei sem ser convidada, coisa que naquele tempo poderia significar a morte. Ela jejuou e pediu sabedoria para interceder ao rei e denunciar a trama do tal Ministro Hamã, que já havia até construído uma forca para enforcar Mardoqueu. Mas o tiro saiu pela culatra e acabou sendo usada para enforcar Hamã e sua família, assim, ele caiu em sua própria armadilha, graças a intervenção de Ester.

O livro de Ester na Bíblia, conta a história desta mulher que foi usada por Deus para salvar o seu povo da sentença de morte e naquele dia mudou a sorte de seu povo, e o que seria luto e tristeza, transformou-se em alegria e festa. Naquele dia a rainha instituiu a Festa de Purim que é comemorada até hoje em todo o mundo. Que Deus abençoe e use as mulheres como usou Ester.

Coincidentemente hoje está acontecendo algo semelhante ao que aconteceu na Pérsia no tempo de ESTER.

Hoje no Irã (Antiga Pérsia) tem um homem de DEUS chamado Yousef, condenado á morte pela forca por causa de sua fé. Eu gostaria que a nossa presidente Dilma intercedesse por esse homem, como a rainha Ester fez no seu tempo. A nossa presidente Dilma tem muitas coisas em comum com a rainha Ester: Começou sua carreira desde cedo com muita luta e alcançou o mais alto escalão no poder político que uma mulher já alcançou. Falta só ele interceder junto ao Aiátola Komein para ser lembrada para sempre como a rainha que salvou a vida de um homem e conseqüentemente de sua família. Seria nossa festa de Purim brasileira, mas comemorada em todo o mundo pelo povo de Deus.

Feliz dia da mulher e Feliz Festa de Purim a todos os judeus no mundo todo.

 

Por Pr. Joel Engel

www.joelengel.com.br
@pastorjoelengel
email: joelengel@terra.com.br

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame