Impartation: a Transferência de Unção

Bem, este será o tema de uma das ministrações em nossa Escola Profetica, realizada em Setembro, na cidade de Santa Maria (RS). Por isso achei importante escrever este estudo e dar respaldo a este tema.

Fonte: GuiameAtualizado: sábado, 30 de agosto de 2014 17:08
o Imapartation: a Transferência de Unção
o Imapartation: a Transferência de Unção

Imapartation: a Transferência de UnçãoEstou voltando do encontro "Voice of The Apostles 2014" ("Voz dos Apóstolos"), no qual o tema mais importante foi o "Impartation", palavra esta que não encontra tradução no vocabulário brasileiro. Randy Clark conta que quando ministrou sobre isso em português e soube que não havia uma palavra exata para traduzir, procurou uma um termo mais próximo e que encontrou foi a expressão "transferência".

Por isso talvez, no Brasil, tão poucas pessoas conheçam ou falem sobre isso. Mas eu, como muitos destes apóstolos que se encontraram no "Voice of The Apostles" temos vivido muitas experiências neste sentido, que têm nos edificado e multiplicado o poder de Deus em nossos ministérios.

Bem, este será o tema de uma das ministrações em nossa Escola Profetica, realizada em Setembro, na cidade de Santa Maria (RS). Por isso achei importante escrever este estudo e dar respaldo a este tema.

A unção pode ser "impartida" / transferida a todos os que a desejarem ardentemente por isso. Ed Silvoso, que fez parte do Grande Avivamento da Argentina, afirma em seu livro "Ungido para os Negócios", que todos os cristãos necessitam dessa transferência para impactar o mundo através da operação de milagres extraordinários.

O poder da transferência da Unção
A transferência de unção tem sido o modo pelo qual o rio do avivamento passa de uma época a outra, tocando milhões de pessoas em diversas gerações. A Bíblia aponta diversos casos de transferência de unção, os quais demonstram o desejo do Pai de capacitar Seus filhos para a operação de milagres, sinais e maravilhas.

Caso 1 – Moisés e os setenta anciãos
O Senhor desceu na nuvem e lhe falou, e tirou do Espírito que estava sobre Moisés e o pôs sobre as setenta autoridades. Quando o Espírito veio sobre elas, profetizaram... (Nm 11.25).

Houve a transferência do Espírito que estava sobre Moisés para os setenta anciãos, capacitando-os com poder.

Quando William Seymour estava sedento de mais de Deus, ele conheceu Charles Parhan, que foi um dos primeiros homens a pregar o batismo de fogo e falar em línguas nos dias atuais. Parhan dizia: “O Cristianismo é 100% sobrenatural”. Através do contato de William Seymour com Parhan houve uma "impartição" da unção.
William começou orar sete horas por dia, até que o Espírito Santo visitou as reuniões que ele estava fazendo numa casa da Rua Bonnie Brae, em Los Angeles (EUA). O Espírito Santo veio sobre todos, e eles falaram em línguas e profetizaram.

Depois disso, mudaram-se para a Rua Azusa, onde houve o maior avivamento de todos os tempos, resultando em mais de 600 milhões de novos convertidos (atualmente), e inaugurando um novo tempo na vida da Igreja Cristã.

Caso 2 – Moisés e Josué
E Josué, filho de Num, foi cheio do espírito de sabedoria, porquanto Moisés tinha posto sobre ele as suas mãos; assim os filhos de Israel lhe deram ouvidos, e fizeram como o Senhor ordenara a Moisés (Dt 34.9).

Quando Moisés impôs as mãos sobre Josué, que era apenas um general de guerra, veio sobre ele o Espírito de Sabedoria, que possibilitou-o não só conquistar a terra mas administra-la, estabelecendo nela a nação de Israel.

Caso 3 – Elias e Eliseu
Havendo eles passado, Elias disse a Eliseu: Pede-me o que queres que te faça, antes que seja tomado de ti. Disse Eliseu: Peço-te que haja porção dobrada de teu espírito sobre mim. Respondeu Elias: Coisa difícil pediste. Se me vires quando for tomado de ti, assim se te fará; porém, se não, não se fará (2 Rs 2.9-10).

Através da transferência de unção, Eliseu recebeu a porção dobrada do Espírito que estava sobre Elias.
Isso também ocorreu com o grande evangelista Reinhard Bonnke. Ele tem alcançado mais vidas para o Senhor que qualquer outro na história do Cristianismo. Mais de 70 milhões de pessoas já se converteram em suas Cruzadas Evangelísticas de cura. Quando Bonnke ainda estava começando, ele teve uma experiência que marcou o seu ministério para sempre: George Jeffrey, que se converteu no grande avivamento do País de Gales.

Jeffrey foi poderosamente usado pelo Senhor para realizar milagres incomuns e extraordinários. Levou milhares de pessoas a Cristo e fundou o Ministério Elim, muito conhecido na Grã Bretanha. Ele transferiu a porção dobrada para Bonnke através da imposição de mãos. Curas criativas aconteciam com frequência quando Jeffrey orava pelos enfermos e passaram a acontecer também com Bonnke. Jeffrey orava e mãos, braços, vinham à existência sobrenaturalmente quando este grande homem de Deus ministrava cura divina.

Bonnke conta em sua biografia "Vivendo uma Vida de Fogo" (2013) como se deu o seu encontro com Jeffrey.

“O que aconteceu em seguida foi extraordinário. De repente, George Jeffrey pegou-me pelos ombros e caiu de joelhos, puxando-me ao chão com ele. Colocou-me as mãos sobre a minha cabeça e começou a abençoar-me como um pai abençoa um filho, como Abraão abençoou Isaque, o qual abençoou Jacó, e assim por diante. A sala parecia estar iluminada com a glória de Deus, enquanto derramava a sua oração sobre mim. Fiquei deslumbrado com essa glória. Não me lembro das palavras com as quais abençoou-me, lembro-me, sim, do seu efeito. Senti o meu corpo eletrificado, fervilhando com energia divina. Sai aos tropeços da sua casa e voltei cambaleando como um homem embriagado”.

Houve o que chamamos de "impartição de unção". Bonnke tem visto curas e milagres semelhantes aos que ocorriam no ministério de Jeffrey. Os cegos veem, paralíticos andam, surdos ouvem e mortos são ressuscitados. A África tem sido alcançada através da pregação de Reinhard Bonnke.

Caso 4 – Os ossos de Eliseu
Enquanto alguns enterravam um homem, de súbito viram um bando de invasores, e lançaram o homem na sepultura de Eliseu. Quando o cadáver tocou os ossos de Eliseu, o homem reviveu, e se levantou sobre os seus pés (2 Rs 13:21).

O simples contato com os ossos de Eliseu, transferiu o poder vivificador da unção para o homem morte, ressuscitando-o.

O simples contato de Benny Hinn com os cultos feitos por Kathryn Kuhlman, transferiu-lhe a unção que estava sobre ela. Benny Hinn descreve em suas próprias palavras no seu livro "Bom Dia Espírito Santo (1995), o que aconteceu quando foi pela primeira vez em uma das reuniões de Kathryn Kuhlman.

“O culto só começaria dali a uma hora. Tirei o casaco, as luvas e as botas. Enquanto relaxava, percebi que tremia mais que antes. Não conseguia parar. As vibrações percorriam meus braços e pernas como se estivesse ligada à uma espécie de máquina. A experiência era nova para mim. Nesse momento, como se saísse do nada, Kathryn Kuhlman apareceu. Num instante a atmosfera daquele prédio ficou carregada. Tudo o que eu sabia é que estivera tremendo por três horas. Era como se eu fosse explodir. Que sensação gloriosa”!

Caso 5 – Jesus e os discípulos e o caso de Ananias e Saulo
Tendo convocado os doze discípulos, Jesus deu-lhes poder e autoridade sobre todos os demônios, e para curarem enfermidades. Então os enviou a pregar o reino de Deus e a curar os enfermos. (Lc 9:1-2).

Então Ananias foi, entrou na casa e, impondo-lhe as mãos, disse: Irmão Saulo, o Senhor Jesus, que te apareceu no caminho por onde vinhas, me enviou, para que tornes a ver, e sejas cheio do Espírito Santo. Imediatamente lhe caíram dos olhos como que umas escamas, e recuperou a vista. Levantando-se, foi batizado. (At 9.17-18) E Deus, pelas mãos de Paulo, fez milagres extraordinários. De sorte que até lenços e aventais eram levados do seu corpo aos enfermos, e as enfermidades os deixavam e os espíritos malignos saíam (At 19.1-12).

Randy Clark, que está sendo usado para levar o fogo do avivamento a muitas nações, conta que recebeu pela primeira vez a transferência da unção pela imposição de mãos de Rodney Howard-Browne. Depois disso, houve um dos maiores avivamentos de todos os tempos, quando Randy Clark orou em Toronto (Canadá) no inverno de 1994.

Os cultos entraram em ebulição. A adoração se tornou extravagante. Uma doce e poderosa presença invadiu o lugar com um turbilhão irresistível de amor. Por isso, o ambiente e a atmosfera do céu impregnaram o lugar, atraindo milhares de pessoas de todo mundo. Era quase impossível ficar de pé. Era um impacto da glória celestial, que desestruturava a ordem terrena.

O Leão da tribo de Judá rugiu. E o som do Seu rugido ouviu-se como um brado que conquista, colocando os poderosos prostrados e rendidos aos Seus pés.

Centenas de ministérios foram ressuscitados. Milhares de igrejas foram restauradas. Incontáveis vidas foram tocadas pelo Amor do Pai.

Pouco antes de Randy Clark ir a Toronto, em 1992, os pastores John e Carol Arnott foram a uma conferência de Benny Hinn nesta mesma cidade. Ambos se sentiam exaustos e secos no ministério. Saíram da conferência com o propósito de buscar da parte do Senhor a unção que viram neste grande homem de Deus. Em novembro de 1993 eles foram à Argentina conhecer o avivamento que estava acontecendo através de Claudio Freidzon, um líder das Assembleias de Deus naquele país. Numa das reuniões, John e Carol foram à frente para receberem a transferência da unção e Freidzon orou por eles. Impactado pelo poder do Espírito Santo, John foi lançado ao chão. Quando se levantou, Freidzon lhe perguntou: “Você quer a unção?” John respondeu: “Quero, sim, quero de verdade”. “Então, aqui está ela, receba-a”, disse Freidzon, batendo com sua mão espalmada na mão aberta de John. Naquele momento Deus lhe falou: “O que você está esperando? Por favor, receba-a, é sua!”. E então ele recebeu a unção pela fé.

O que é extraordinário é que Freidzon também havia recebido oração de Benny Hinn por transferência de unção, o que desencadeou o grande avivamento na Argentina, onde Deus levantou o evangelista Carlos Anacondia, com grande poder.

Logo, o avivamento da Igreja do Aeroporto chamou a atenção do mundo evangélico, bem como da imprensa secular. A ação de Deus ocupou as primeiras páginas de jornais em alguns lugares ao redor do mundo. Pessoas passaram a vir de todas as partes do mundo. Um novo local de reuniões comportando cerca de dois mil lugares foi preparado. O vinho novo havia sido derramado e o novo odre estava sendo preparado. Algumas linhas aéreas tiveram de dobrar o número de voos para Toronto, e os hotéis da região passaram a promover pacotes especiais para os que vinham para as reuniões da Igreja do Aeroporto.

Operando na unção
A Bíblia mostra claramente o modo como Deus usou diversos homens, como Paulo, Timóteo e tantos outros, após receberem a impartição de poder.

Como receber a transferência?

A transferência da unção pode ocorrer de diversos modos:

a) Coletivamente:
De sorte que até lenços e aventais eram levados do seu corpo aos enfermos, e as enfermidades os deixavam e os espíritos malignos saíam. Os fiéis que eram da circuncisão, que tinham vindo com Pedro, maravilharam-se de que o dom do Espírito Santo se derramasse também sobre os gentios. (At 10: 44-45).

b) Por imposição de mãos
Impondo-lhes Paulo as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo, e falavam em línguas, e profetizavam. (At 19:6).

A Transferência da unção e a ativação dos dons espirituais

Por este motivo eu te exorto que despertes o dom de Deus, que há em ti pela imposição das minhas mãos (2 Tm 1:6).

A transferência da unção para operar milagres, sinais e prodígios, e para levantar novos ministérios

Impondo-lhes Paulo as mãos, veio sobre eles o Espírito Santo, e falavam em ínguas, e profetizavam. A um pelo Espírito é dada a palavra da sabedoria; a outro, pelo mesmo Espírito, a palavra da ciência; a outro, pelo mesmo Espírito, fé; a outro, pelo mesmo Espírito, dons de curar; a outro, a operação de milagres; a outro, profecia; a outro, discernimento de espíritos; a outro, variedade de línguas, e a outro, interpretação de línguas (1 Co 12:7-11).

A fundadora do Evangelho Quadrangular, Aimée Semple McPherson, viajou pelos Estados Unidos como evangelista pregando em diversas partes daquela nação, antes de se fixar em Los Angeles. Foi após ela conhecer Maria Woodworth-Etter. Esta grande mulher de Deus foi usada por Ele para inaugurar um novo tempo na pregação, com um caráter moldado à semelhança do Mestre. Uma mulher comum usada para uma obra incomum. Ela nasceu em Nova Lisboa, Ohio, em 1844. Foi contemporânea de D.L. Moody (Boston), C.H. Spurgeon (Londres) e Jorge Müller (Bristol). Não havia nada de especial que a distinguia das demais mulheres do seu tempo. Dos seus seis filhos, cinco morreram jovens antes que ela se tornasse uma pregadora do Evangelho.

Parece que a especialidade de Deus é usar o fraco para vencer os poderosos e, o pequeno para superar os grandes. É por esta razão, que Ele pode usar você com grande poder. Aprouve a Deus salvar os crentes pela loucura da pregação. Mas Deus escolheu as coisas loucas deste mundo para confundir as sábias; e escolheu as coisas fracas deste mundo para confundir as fortes; e escolheu as coisas vis deste mundo, e as desprezíveis, e as que não são, para aniquilar as que são; Para que nenhuma carne se glorie perante a Ele (1 Co 1.21, 27-29).

A pregação de Maria Woodworth-Etter foi profundamente marcada por sinais, prodígios e maravilhas, assim como a pregação de grandes homens de Deus, como John Wesley, William Booth, Jonathan Edwards e Charles Finney.

Cegos, surdos, mudos e paralíticos eram curados com grande poder em suas reuniões. Seu empenho e dedicação pessoal influenciaram grandes heróis da fé como Smith Wigglesworth, Aimée Semple McPherson, Alexander John Dowie, John G. Lake, Kenyon EW, Bosworth FF e Kathryn Kuhlman. Roberts Liardon diz em seu livro Os Generais de Deus (2008) que “não se tem notícia de alguém que tenha demonstrado tanto o poder do Espírito de Deus, desde o livro de Atos dos Apóstolos, do que Maria Woodworth-Etter.”

Por incrível que pareça, após o seu encontro com ela, Aimée Semple McPherson passou a operar nos mesmos milagres e a ter uma amplitude multiplicada do seu ministério. Após este encontro, ela fixou-se em Los Angeles, e construiu o Angelus Temple, onde Kathryn Kuhlman frequentou a Escola de Ministério por dois anos, recebendo também, por sua vez, a transferência de unção. A maioria destes heróis da fé já partiram mas a capa fica para aqueles que como Eliseu tiver a ousadia de pedir porção dobrada da unção que estava sobre Elias.

No próximo dia 7 de setembro estaremos ministrando crendo que neste tempo Deus vai derramar a porção dobrada da unção que estava sobre Elias para aqueles que creem.

A transferência de unção é pura obra da Graça.

Por Joel Engel

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame