Diário de Viagem: Jerusalém

A cidade é mais alta que qualquer parte do restante da nação e há uma expectativa no ar, a presença de Deus aqui é palpável.

Fonte: Guiame, Joel EngelAtualizado: sexta-feira, 5 de junho de 2015 10:38

Jerusalem é a cidade de ouro, a cidade maravilhosa conquistada pelo Rei Davi. Tão almejada por todos os filhos de Israel desde os tempos bíblicos, O sonho de cada pessoa era chegar em Jerusalém. Os inimigos também sempre a desejaram e muitas vezes tomaram essa cidade tão linda.

Não há palavras para descrever o que é colocar os pés aqui em Jerusalém. Para vir a Jerusalem, é preciso subir a 800 metros do nível do mar, por isso usam o termo: “Vamos subir até Jerusalem”. A cidade é mais alta que qualquer parte do restante da nação e há uma expectativa no ar, a presença de Deus aqui é palpável.

Aqui é o lugar onde aconteceram os fatos que se desenrolam por toda a Bíblia Sagrada. Em todos os lugares do mundo a gente fecha os olhos para orar, mas aqui se você abrir os olhos, você vai ver com os teus próprios olhos a maravilha dessa terra linda. Você sente Deus vendo, olhando para teu lado esquerdo e direito.

Nesse dia, no lugar mais importante e sagrado da Terra, vamos fazer uma visita ao lugar mais central do Planeta, o muro das lamentações, o que restou do Templo aqui em Jerusalém, o templo da adoração dos judeus. Fica na cidade murada, na Jerusalem antiga, cercada por uma grande muralha onde se desenrolaram os fatos mais importantes da historia bíblica.

Foi ali naquele lugar que Abraão levou seu filho ao Monte Moriá, para sacrificá-lo e adorar a Deus. Ali naquele, monte tudo começou. Foi ali também que Davi levou uma oferta de sacrifício para parar a praga que assolava a nação e ali Deus parou a praga, mediante aquela oferta, e ele comprou aquele campo, e esse campo hoje é o local mais sagrado do nosso Planeta.

Chegar aqui foi, para nós, um presente de Deus, uma graça imerecida.

 

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame