Jesus e o perdão

Jesus amou a pecadora em João 8, assim como ama todos os pecadores, mas deixou claro: “...vá e não peque mais.”

Fonte: Guiame, Frank MedinaAtualizado: segunda-feira, 25 de outubro de 2021 16:07
(Foto: Canva)
(Foto: Canva)

“Então os escribas e fariseus trouxeram à presença dele uma mulher surpreendida em adultério e, fazendo-a ficar em pé no meio de todos, disseram a Jesus: Mestre, esta mulher foi surpreendida em flagrante adultério. Na Lei, Moisés nos ordenou que tais mulheres sejam apedrejadas. E o senhor, o que tem a dizer? Eles diziam isso tentando-o, para terem de que o acusar. Mas Jesus, inclinando-se, escrevia na terra com o dedo. Como eles insistiam na pergunta, Jesus se levantou e lhes disse: Quem de vocês estiver sem pecado seja o primeiro a atirar uma pedra nela. E, inclinando-se novamente, continuou a escrever no chão. Mas eles, ouvindo essa resposta, foram saindo um por um, a começar pelos mais velhos até os últimos, ficando só Jesus e a mulher em pé diante dele. Levantando-se, Jesus perguntou a ela: — Mulher, onde estão eles? Ninguém condenou você? Ela respondeu: Ninguém, Senhor! Então Jesus disse: Também eu não a condeno; vá e não peque mais.” (João 8:3-11)

Esse texto traz para nós dois ensinamentos maravilhosos:

O primeiro é a questão do julgamento, por mais grave que seja o erro e/ou pecado que uma pessoa cometa, não nos dá o direito de julgá-la, somos todos igualmente pecadores. Nosso papel é ajudar aqueles que erram/pecam, “apedrejar” com nossos olhares ou com nossas palavras, não nos fará melhores, muito pelo contrário.

O segundo ensinamento diz respeito ao pecador, quantas vezes já ouvimos a famosa frase: “Apenas Deus pode me julgar”. Até parece que o Senhor nosso Deus compactua com o pecado, isso nunca aconteceu e nunca acontecerá. Deus, com certeza, ama o pecador, mas abomina o pecado cometido. Jesus amou a pecadora do texto, assim como ama todos os pecadores, mas deixou claro: “...vá e não peque mais.”

Que possamos refletir e mudar nossas condutas, seja em relação ao primeiro ensinamento (julgamento), seja em relação ao segundo (falta de arrependimento)

Deus te abençoe e a todos na sua família com uma ótima semana na presença dEle.

Um abraço do amigo,

Frank Medina

Frank Medina é pastor consagrado, desde 2005, na Igreja Batista O Poder da Palavra, Bacharel em Teologia. Escritor de artigos cristãos/evangélicos desde 2001. Atualmente serve na Primeira Igreja Batista em Mogi das Cruzes (PIB Mogi).

*O conteúdo do texto acima é de colaboração voluntária, seu teor é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: Lute, persevere, não desista nunca

Siga-nos

Mais do Guiame