Obama ou Jesus?

Obama ou Jesus?

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:31

Estava voltando das férias. Jornais, revistas, TV, toda mídia destacava apenas um fato: a posse de Obama, o 44º presidente dos Estados Unidos. Pelo que li e vi, foi bem mais que uma posse, foi um mega evento com audiência e repercussão mundiais, com palpites e opiniões por todos os lados. Uma das manifestações eu presenciei e não me contive.

Aconteceu numa loja do shopping Eldorado, em São Paulo. Eu procurava um determinado produto com meu filho, infelizmente, estava em falta. Atenciosa, a vendedora acessou o site do fabricante para me fornecer uma previsão sobre o produto. Foi neste momento, enquanto aguardávamos no balcão, que um funcionário a nossa direita disse: "Barack Obama!", imediatamente, outro funcionário da loja, a nossa esquerda, disse: "Jesus Cristo!"

Pensei: agora é a minha vez! Estávamos voltando da praia, ainda em ritmo de férias, mas o discípulo sabe que toda oportunidade para pregar não deve ser desperdiçada, afinal, "quer comais quer bebais, ou façais outra qualquer coisa, fazei tudo para glória de Deus." 1 Coríntios 10.31. Foi então que chamei a atenção dos funcionários que estavam por perto, mais ou menos uns três, e perguntei: "Vocês ouviram? Um disse Barack Obama, o outro Jesus Cristo. E aí, quem vocês escolhem, Obama ou Jesus?".

Confesso que fiz a pergunta num impulso, quase que um reflexo sobre o que tinha acabado de acontecer na loja. Talvez tenha sido isto mesmo, um reflexo, mas com reflexão. Mesmo sem TV, Internet, revista ou jornal (quando saio de férias saio mesmo!), eu podia ouvir e ver nas pessoas pelos lugares onde descansávamos, uma desmedida esperança em Obama, uma quase certeza de que ele terá as soluções para a economia, a política, os conflitos e as injustiças do mundo. Assim, meu pensamento era: será? Estamos nós diante de um homem que mudará os eixos deste mundo? Será?

Bem, você deve estar querendo saber a resposta daqueles funcionários. Eu entendo, durante os frames de segundo entre o fim da minha pergunta e o início da resposta deles fiquei apreensivo, em suspense, com uma ponta de temor. Mas a resposta veio, alta, firme, sem vacilos ou dúvidas, todos, a uma só voz, disseram: "Jesus Cristo, é lógico!!!"

Minha respiração voltou ao normal, com alegria olhei para eles e bradei: "Amém! Glória a Deus!". Meu filho sorriu, eu sorri, eles sorriram!

O que eu aprendi? Ou melhor, lembrei. Lembrei que a mídia não detém a verdade, não manda na verdade, não suporta, muitas vezes, a verdade. Lembrei que poucos homens e mulheres começaram o cristianismo, sem mídia, sem verba, sem títulos. Lembrei que a fé nasce e cresce em todas as situações. Lembrei que Jesus nunca perdeu, sempre venceu, vence e vencerá. Lembrei, enfim, que Ele manda na história! Glória, pois, a Ele!

Paz!

Edmilson Ferreira Mendes é teólogo. Atua profissionalmente há mais de 20 anos na área de Propaganda e Marketing. Voluntariamente, exerce o pastorado há mais de dez anos. Além de conferencista e preletor em vários eventos, também é escritor, autor de quatro livros: '"Adolescência Virtual", "Por que esta geração não acorda?", "Caminhos" e "Aliança".

Contatos com o pastor Edmilson Mendes:

mendeslongo@uol.com.br

www.mostreatitude.com.br

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame