Drogas, sexo, rock e sustentabilidade. Pago pra ver!

Drogas, sexo, rock e sustentabilidade. Pago pra ver!

Fonte: Atualizado: sábado, 29 de março de 2014 03:26

É só força de expressão para o título, é claro que não quero ver, muito menos pagar. Ano passado muitos segmentos comemoraram os quarenta anos de Woodstock, um evento divulgado na época que aconteceu como Uma Exposição Aquariana: 3 Dias de Paz & Música, ou seja, de forma resumida: paz e amor. Tudo depende do ângulo que se olha. Se você entender que paz e amor é ficar dias e dias isolado numa porção de mato, com milhares de jovens acompanhando shows, bebendo, transando e se drogando, ok, Woodstock entregou o que prometeu.

Ainda que se insista, outros intérpretes do mesmo evento, e não falo de puritanos evangélicos, falo de repórteres e historiadores que se limitam a informar e contar os fatos, Woodstock se popularizou como o evento que deixou a marca de drogas, sexo e rock’n roll, práticas bem diferentes de paz e amor.

Paz com drogas não é paz, é estado de inconsciência e alienação durante os momentos de seus efeitos e assassinato de neurônios. Amor através de sexo no mato, regado a álcool com gente pelada por toda relva, lembra mais o comportamento animal dos vira-latas que assistimos nas esquinas do que, como diria, fica até difícil comparar, ah, lembrei... amor.

Mas quarenta e um anos depois, a reedição de Woodstock já tem data para acontecer, será nos dias 7, 8 e 9 de outubro numa fazenda em Itu, no estado de São Paulo. A venda de ingressos começa em maio. O apelo segue o mesmo: paz e amor. Só que foi acrescido de um ingrediente politicamente correto: sustentabilidade. Como será exatamente o slogan e a campanha de divulgação eu não sei, as primeiras informações dão apenas estas pistas, paz, amor e sustentabilidade.

Sexo e drogas fui eu que acrescentei para o próximo Woodstock, seus organizadores só falam em paz, amor e sustentabilidade. Mas alguém acha mesmo que em três dias, a cerca de cem quilômetros de São Paulo, no isolamento de uma fazenda, a moçada que for vai focar sua vida na sustentabilidade, na paz e no amor? Menos, bem menos. Eventos menores, com apelos fraquinhos, realizam haves em chácaras e grandes terrenos nas redondezas da cidade que moro, quase todos terminam com feridos, jovens detonados por overdoses, alguns mortos e muitos outros problemas. Imagine o que será uma reedição de Woodstock.

Façamos a diferença. 7, 8 e 9 de outubro chega num  piscar de olhos. O sangue do Cordeiro continua lavando, purificando e transformando, é este sangue que nos traz a verdadeira paz, o verdadeiro amor e nos sustenta num mundo caído. Não sabemos a data da volta de Cristo, é verdade. A reserva para participarmos desta festa não começa apenas em maio. Começou há dois mil anos atrás. A entrada é de graça. Mesmo Itu é pequena demais para a festa com o Cordeiro. Aliás, nenhuma cidade comportaria tal evento, por isso a festa será na Nova Jerusalém. Um DJ, ou muitos, ou todos, é pouco, esta festa será acompanhada por músicos e instrumentos que nossos ouvidos desejam ouvir, nossos olhos desejam ver e nosso coração deseja sentir, como nada sabemos, ficamos apenas no exercício da imaginação, afinal, anjos, querubins e serafins aos milhares farão estremecer bandas, corais e orquestras, com desempenhos musicais jamais vistos. Três dias? Isso não é festa, é isca para se perder a festa, a festa que durará para sempre, sem neuras, nóias ou ressacas, só um contínuo e progressivo aumento de satisfação na presença do autor da vida. Woodstock 2? Tô fora! Tenho compromissos muito mais importantes, que fazem a cabeça, alimentam o coração, sustentam a alma. Graças a Deus, tais compromissos com Cristo não preciso pagar, mas pela misericórdia d'Ele, com o perdão d'Ele  e se a vontade d'Ele assim permitir, vou ver!

Edmilson Ferreira Mendes é teólogo. Atua profissionalmente há mais de 20 anos na área de Propaganda e Marketing. Voluntariamente, exerce o pastorado há mais de dez anos. Além de conferencista e preletor em vários eventos, também é escritor, autor de quatro livros: '''Adolescência Virtual'', ''Por que esta geração não acorda?'', ''Caminhos'' e ''Aliança''.

Contatos com o pastor Edmilson Mendes:

mendeslongo@uol.com.br

www.mostreatitude.com.br  

Conferência Voz dos Apóstolos - Inscreva-se!
Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame