O impeachment é bíblico?

Um país que tem uma cidade como São Paulo, um estado com o nome de Espírito Santo, e um Cristo Redentor, precisa mesmo não é de um novo(a) presidente, mas de Deus e do conhecimento da sua Palavra

Fonte: Guiame, Bruno dos SantosAtualizado: sexta-feira, 6 de março de 2015 15:22
Presidente Dilma
Presidente Dilma

Me perguntaram se o impeachment da presidente Dilma não vai contra a idéia de 1Timóteo 2: 1-2? As autoridades não são constituídas por Deus? Não estaríamos contra a Palavra que nos pede para orarmos pelo arrependimento de seus atos de improbidade administrativa? Um cristão deveria participar de uma passeata que pede a retirada de uma presidente da república? Pastores famosos estão convocando via redes sociais, cristãos à participarem ativamente dos protestos preparados para o próximo dia 15 de março, mas e Romanos 13? O quê pensar e como agir?

1. Meu ponto de vista político:

Recentemente orei por Dilma, sei que atrás daquela autoridade existe uma mulher, mãe e avó, que vive seus dilemas existenciais e que sofre sua medida humana, física e emocional com tudo que ela está envolvida. Dilma tem suas dificuldades, tem sua cota de impopularidade pela agenda negativa que domina a pauta política e noticiosa. Mas não podemos esquecer que a reputação popular do Congresso está bem abaixo da dela, para o parlamento se credenciar a julgá-la. Creio que se tivesse que escolher, preferiria comprar um carro usado de Dilma do que da maioria dos parlamentares que querem julgá-la por improbidade administrativa.

Sei também que muitos brasileiros são adeptos do “jeitinho brasileiro”: furam filas, subornam o guarda de trânsito, dão carteiradas, roubam teve a cabo, batem ponto pelo colega de trabalho, compram produtos falsificados, joga lixo na rua, etc. Fica difícil cobrar posições de nossos governantes se sofremos dos mesmos males em pequenas corrupções diárias. A mudança começa sempre de dentro pra fora, de baixo pra cima. No Brasil, parece valer a idéia, de que cada povo tem o governo que merece! Nós também precisamos aprender a fazer o que é certo, e não apenas o que é fácil.

2. Meu ponto de vista teológico:

João Calvino afirmava que a desobediência civil ou a rebelião somente se justificam quando o Estado quer obrigar as pessoas a desobedeceram a Deus. Calvino também dizia que apesar do Estado ser fruto de uma ordem divina, ele não pode ocupar em hipótese alguma o lugar de Deus. Obediência total nós devemos unicamente ao Senhor Jesus Cristo. Entretanto, a Bíblia é clara em nos dizer que, como cristãos, devemos estar submissos às autoridades constituídas, em todos os seguimentos. Portanto, é possível estar em plena submissão a uma autoridade e não obedecê-la totalmente. Pois, submissão está relacionada a governo e a autoridade, enquanto que obediência está relacionada a atitudes. Um ótimo exemplo, são os cristãos primitivos que, embora fossem submissos ao governo de Roma, não o obedeciam quando suas leis eram contrárias as leis de Deus. Creio que podemos discordar quanto ao “desgoverno" da atual presidente, quanto ao sucateamento da máquina pública, a política econômica, etc… mas não devemos nos rebelar e muito menos defender a idéia de um “golpe”. Isso é contrário ao ideal bíblico. Podemos fazer uma passeata pacífica para deixar claro nossa desaprovação quanto ao sistemas implantado, mas acreditar que o impeachment resolverá o problema? Não! O que o Brasil precisa é se arrepender do seus maus caminhos como nação e pedir, como Jesus pediu ao Pai que perdoe todos, pois a turma não sabe o que está fazendo.

Conclusão:

Lembro-me que uma das primeiras atitudes de Dilma foi retirar do seu gabinete a Bíblia e o crucifixo, o que talvez, tenha sido a primeira vez na história do país que isso ocorreu. Esse gesto pode ter várias interpretações, mas pra mim fica claro que um país que tem uma cidade como São Paulo, um estado com o nome de Espírito Santo, e um Cristo Redentor, precisa mesmo não é de um novo(a) presidente, mas de Deus e do conhecimento da sua Palavra. Que o Senhor nos dê sabedoria nestes dias difíceis e continuo crendo que TUDO está debaixo do SEU CONTROLE. A Ele toda a Glória.


.

 

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame