Um encontro comigo mesmo

"Temos ânimo para falar de nossas roupas, mas não de nossa nudez."

Fonte: Guiame, Alexandre GregoAtualizado: terça-feira, 17 de agosto de 2021 17:19
(Foto: Canva)
(Foto: Canva)

Já parou para pensar que desde o dia em que nascemos começamos a ser treinados para o sucesso? Nossos pais idealizam para nós os melhores empregos, com as maiores rendas, sonham já com nossa linda família, com seus netinhos que um dia iremos dar a eles, tudo muito lindo e maravilhoso, porém a vida real nem sempre é assim.

Por muito tempo nos escondemos atrás da religião, de nossas agendas lotadas, do excesso de trabalho, porque isso nos dá uma sensação de dever cumprido, de dedicação, de “ser ativo”. E se tem algo que gostamos de falar são de nossos feitos, de nossas conquistas, dos nossos sucessos. Mas podemos dizer que isso são nossas roupas, aquilo que vestimos para mostrar a outros. Lembro-me da frase que define a palavra “STATUS”, ou seja, comprar o que não precisa, como dinheiro que não tem, para mostrar para quem não merece.

Mas a grande verdade é que temos uma enorme dificuldade de expor nossos defeitos, temos receio de expor nossa nudez e de falar dos nossos medos, fracassos e decepções. E isso tem ocasionado muitas vezes a falta de verdade e de transparência com nós mesmos. Porém, irá chegar um momento que Deus permitirá o encontro que mudará a vida de todas as pessoas: o encontro consigo mesmo e com sua realidade.

Você já pensou em ficar nu diante de você mesmo?

Por um momento olhar para dentro de si sem nenhuma ressalva, disposto a ver e assumir suas imperfeições entendendo que todas elas fazem parte de sua história?

Faça isso! É extremamente libertador, sabe por quê? Porque temos nesse momento um encontro com a verdade, e com uma verdade que nos liberta a ponto de passarmos a olhar para nós mesmos com um olhar de amor e misericórdia. E busque melhorar e sair deste momento ainda mais fortalecido.

Gn 2.25 - Ora, um e outro, o homem e sua mulher, estavam nus e não se envergonhavam.

Nesses dias Deus está nos levando a entender isso. Que precisamos de um encontro conosco mesmo para sermos curados e limpos, e aí então ser suporte para uma sociedade doente, onde nós seremos agentes de cura.

“Amarás o teu próximo como a ti mesmo”. Mateus 22:39b

Alexandre Grego é Pastor, Bacharel em Teologia, Life Coaching, e escritor dos livros “Somos Flechas”, “E Urias?” e “Não existe família perfeita, existe família feliz”. Também é conferencista nas áreas de liderança e casais. Exerce sua atividade pastoral no Ministério Apostólico Koinonia, na cidade de Mogi das Cruzes/SP, é casado com a Pra. Marines Grego.

* O conteúdo do texto acima é de total responsabilidade do autor e não reflete necessariamente a opinião do Portal Guiame.

Leia o artigo anterior: Quem é você na tempestade: garça ou águia?

Siga-nos

Comentários

Mais do Guiame