"Temos o compromisso de trazer músicas bíblicas para a igreja", diz Ministério Altas Vozes

O grupo visa contribuir para enriquecer a qualidade da música cristã no Brasil por meio de canções biblicamente fieis.

fonte: Guiame, Karlos Aires

Atualizado: Segunda-feira, 17 Julho de 2017 as 5:49

Laura Sampaio em entrevista para o Portal Guiame. (Foto: Guiame/Marcos Paulo Corrêa).
Laura Sampaio em entrevista para o Portal Guiame. (Foto: Guiame/Marcos Paulo Corrêa).

O Ministério Altas Vozes esteve presente na Expoevangélica 2017, em Fortaleza (CE). Além de divulgar o novo disco, o grupo que veio de Salvador (BA) concedeu uma entrevista exclusiva para o Portal Guiame. Flávia Gazar, uma das oito vocalistas, iniciou ressaltando o compromisso do projeto musical.

“Nós estamos completamente firmados no compromisso de trazer músicas bíblicas para dentro da igreja. Porque nós temos visto músicas que são pobres em letras, em harmonia e temos esse compromisso diante de Deus, de levar o povo Dele a essa adoração rica musicalmente e biblicamente fiel”, disse.

Você pode estar se perguntando: “E que música é essa?” Laura Sampaio, outra integrante do grupo, responde: “Nós trazemos uma nova roupagem para essa estética mais tradicional das igrejas, que eram os coros, por exemplo. Nosso objetivo é pregar o Evangelho, é levar música de qualidade para as igrejas. É renascer esse gosto musical para esse gênero de grupos. Porque isso veio ao longo do tempo”, comentou.

Laura Sampaio e Flávia Gazar em entrevista para o Portal Guiame. (Foto: Guiame/Marcos Paulo Corrêa).

Versões em Português

“Nós pegamos canções americanas e fazemos versões delas em português. São estilos variados. Tem umas músicas mais puxadas para o country, outras mais para o rock. São diversos estilos. E na nossa gravação, do CD que a gente está lançando agora, colocamos alguns elementos baianos no instrumental”, disse Flávia.

“São de vários grupos dos Estados Unidos, tocamos versões que ainda não foram lançadas aqui. Só que a gente deu esse toque baiano. Tem músicas com axé, bossa nova, tem uma música que é bem tradicional, “Graça Eterna”, que é bem conhecida em várias igrejas. Claro que tem vários corais que a gente admira, mas temos o nosso próprio estilo mesmo”, respondeu.

Laura complementa: “Esses trabalhos que a gente pega, de músicas americanas, são de grupos que se reúnem e gravam canções de determinado compositor. O pai do nosso diretor, Osnaldo, falecido infelizmente, sempre trabalhou com músicas, traduzindo canções para o português, cantatas de Páscoa, Natal. Então, ele deixou esse legado com o filho que continua seguindo fazendo isso. Ele tem esse acervo de músicas já versionadas tem versionado outras músicas também. É de pai para filho, que se passou essa prática, trazendo para o Brasil músicas lindíssimas e inéditas”, finalizou.

veja também