Traficante é ministrado por pastor e se entrega a Jesus, após ouvir a voz de Deus

Caleb McCall era uma pessoa violenta, mas encontrou a presença de Deus que o transformou em um novo homem.

fonte: Guiame, com informações da Charisma News

Atualizado: Quinta-feira, 11 Julho de 2019 as 9:42

Caleb McCall e sua esposa, Kelsey (Foto: Facebook/Caleb McCall)
Caleb McCall e sua esposa, Kelsey (Foto: Facebook/Caleb McCall)

Caleb McCall tinha 13 anos quando a polícia o prendeu por drogas. O que começou com o tabagismo rapidamente evoluiu para cheirar cocaína antes dos jogos de basquete.

"Meus pais tiveram uma ideia de que algumas coisas estavam acontecendo, mas não entenderam o quão ruim realmente era", diz McCall.

Além da cocaína, o jovem começou a usar metanfetaminas enquanto ainda estava no ensino médio. As drogas não impediram muito seu desempenho atlético, e McCall foi procurado pelas faculdades para treinar basquete.

Mas aos 18 anos, ele engravidou a namorada e acabou abandonando os estudos.

"Eu recusei todas as ofertas [das faculdades] e disse que iria trabalhar, mas o que tinha em mente era ser um traficante de drogas", lembra.

O emprego formal de McCall eram bicos que fazia para manter a polícia longe, mas as drogas continuavam sendo sua fonte principal de renda.

"Aos 18 anos, eu era um garoto tentando criar uma criança; um traficante de drogas que se tornou viciado ao longo dos anos, vendendo e usando drogas", disse McCall. "Eu sempre as tinha, e eu as pegava [para usar] quando as vendia".

McCall conta que apesar das drogas, não era uma pessoa violenta.

"Eu sempre fui de fala mansa e nunca gostei muito de briga, mas dois roubos mudaram a trajetória de minha vida, e continuei nesse caminho pelos próximos seis anos”, conta.

McCall mudou tudo e começou a injetar esteroides para ganhar massa muscular, pois era magro e seu porte não intimidava.

"Eu fiquei muito grande e muito rápido, realmente muito rápido", diz McCall. "Comecei a levantar pesos e a violência começou tomar conta de mim. Minha mentalidade mudou", lembra.

Agora McCall passava a usar armas em seus roubos. Dos 19 aos 26 anos, ele viveu uma vida de crime e dependência.

Encontro com Jesus

Aos 24 anos, a vida de McCall começou a tomar um rumo diferente depois de ouvir a voz do Senhor. Ele conta que na manhã seguinte após uma briga de bar, entrou em uma igreja. Ele estava de muletas, e foi mancando depois do culto até a porta para apertar a mão do pastor.

McCall diz que foi surpreendido por um convite do pastor para almoçar. "Esse cara sabe quem eu sou? Muitas pessoas na igreja sabiam que eu era o maior traficante de drogas da região”, espantou-se. Mas o rapaz disse sim ao convite do pastor.

O rapaz conta que o pastor começou a ministrá-lo e ofereceu a ele alguns trabalhos na igreja.

McCall diz que igreja se tornou seu refúgio.

"A razão pela qual eu fui à igreja é que eu sabia que a única maneira pela qual minha vida mudaria seria se, de alguma forma, Deus interviesse e tivesse piedade de mim e mudasse minha vida", diz McCall.

Quando McCall começou a pintar paredes, o pastor mostrou a ele o áudio do testemunho de Todd White, detalhando como Deus havia libertado o evangelista de uma vida de drogas.

"Eu comecei a andar pelos cantos da igreja e comecei a chorar", lembra McCall. "Eu, um traficante de drogas grande, violento, zangado e louco. Mas Deus estava falando comigo através daquele testemunho”.

McCall conta que falou com o Senhor. “Deus, se você fez por aquele homem, você fará por mim”. Ele diz que a partir daquela oração, algo aconteceu em seu espírito.

Transformação definitiva

Apesar do convívio na igreja, McCall diz que passou seis meses vivendo em hipocrisia, trabalhando na igreja, mas vendendo drogas ao lado.

Assim, McCall se meteu em mais problemas e o pastor recomendou que ele fosse para o programa Desafio Jovem.

"Quando cheguei ao programa, percebi que Jesus é muito mais do que eu pensava", diz McCall. "É muito melhor realmente viver para Ele, ter um relacionamento com Ele e não apenas passar pelos movimentos".

McCall diz que devorou ​​a Bíblia, renovou sua mente e sentiu um novo chamado ao ministério.

"Quando fui ao Desafio Jovem, eles me ensinaram como ser homem, como me levantar, trabalhar, fazer os devocionais e passar tempo com o Senhor", explicou.

Hoje, McCall lidera um programa semelhante ao Desafio Jovem chamado "Be the Bush Ministries", no Tennessee.

"Nós ensinamos sobre Cristo e discipulamos pessoas que estão nas drogas", diz McCall, que encontrou o propósito de Deus para sua vida.

veja também