Heloisa Rosa - confiança

Análise: Heloísa Rosa - 'Confiança'

O novo projeto de Heloísa Rosa, intitulado Confiança, foi lançado oficialmente durante a Expocristã 2011, no final de setembro.

A produção musical do disco é assinada pelo guitarrista Willian Douglas, que nos brinda com um com arranjos bem construídos, letras interessantes e uma vocalista que dispensa comentários.

A produção conta ainda com a experiência de Jordan Macedo na mixagem. Jordan tem sido presença garantida em diversos lançamentos do mercado gospel, como por exemplo, "Que Ele cresça" (Deigma Marques), "Uma história escrita pelo dedo de Deus" (Thalles), "Meu encontro" (Chris Duran) e Autor da Vida (Leo Fonseca), entre outros.

O repertório possui 12 faixas e está mais “pesado”, acelerado e vibrante, em comparação com os álbuns anteriores. Com exceção das faixas 7 e 12, todas os hinos são de autoria da cantora.

Dançarei contigo e Leva-me abrem a gravação mostrando a influência irlandesa e britânica na condução harmônica das guitarras. Destaque também para os efeitos “viajantes” de teclado, que outra característica marcante do brit rock.

Hoje eu sei é mais uma que nos remete as canções “acústico-eletrônicas” no estilo U2 nos anos 80. Versa sobre a suficiência de Deus em nossa vida, através de Jesus.

Não temerei e O que eu preciso vem com uma pegada mais pop, recheada de riffs de guitarra, bateria bate-estaca e órgão/efeitos de teclado cobrindo os espaços do arranjo.

A primeira é alusiva ao Salmo 23 e a segunda exalta a liberdade que temos em Cristo, refrigério que devemos buscar todos os dias.

Na faixa seis ouvimos um belo momento de agradecimento e reconhecimento pelo amor e misericórdia do Senhor Jesus. Amigo íntimo inicia de forma suave, conduzida pelo violão, mas na volta do refrão já volta com o peso do instrumental. Destaque para o naipe de cordas e para a dinâmica do arranjo.

Fazendo alusão ao sacrifício vicário de Jesus, Glória ao cordeiro de Deus conta com um baixo pulsante, guitarras trabalhadas, e, apesar da levada roqueira, mantém um ambiente propício para se refletir na mensagem cantada – a ressurreição de Cristo.

Olhar para o alto é um oração de fé e confiança. Mais uma melodia bela, totalmente cativante, aliada a uma condução harmônica envolvente. Destaque para a participação do Coral no turn around final. Linda.
Gratidão é uma oração de contrição e entrega. Possui uma letra curta, característica das canções de adoração, onde o propósito central é declarar que não há ninguém como nosso Deus.

A faixa 10 ameaça ser um louvor introspectivo, mas logo ouvimos um dos momentos mais empolgantes deste projeto. Pulsa coração é a que mais gostei. A letra é bacana, o instrumental é muito bem encaixado e Heloísa cantando é um caso a parte. Nota 10.

Deus meu também começa de forma lenta e intimista. Quando entra o instrumental, destaque para a cobertura do naipe de cordas. Destaque para as nuances de dinâmica do meio para o final da canção.
Fechando a gravação, ouvimos uma faixa bônus, interpretada Jonatas Piloto. Nada sou sem Ti termina o repertório versando sobre o tema deste projeto – Confiança. “Eu coloco em Ti o meu olhar e eu nada sou sem Ti”.

O álbum, que foi gravado de forma totalmente independente, foi masterizado no estúdio Abbey Road, em Londres. A distribuição e a promoção ficaram sob responsabilidade da Onimusic, após uma parceria firmada em agosto de 2011.
Com a celebração do acordo a Onimusic torna-se a distribuidora oficial dos produtos Heloisa Rosa no Brasil, dentre eles, seus lançamentos anteriores: “Andando na Luz” (2006), “Liberta-me” (2005) e “Estante da Vida” (2008)

Além disso, seus trabalhos anteriores receberam uma nova roupagem. O redesign foi desenvolvido pela Imaginar, de Marcus Castro, que também assina o projeto gráfico do novo CD. A Onimusic assina a campanha publicitária veiculada em todo o Brasil.

 

Por Roberto Azevedo

GUIA-ME RECOMENDA

'