Seminário Batista do Norte comemora 109 anos

Seminário Batista do Norte comemora 109 anos

O Seminário Teológico Batista do Norte do Brasil (STBNB), órgão da Convenção Batista Brasileira (CBB), comemorou no dia 29 de março de 2011 o seu 109º aniversário, aniversário de fundação em solene culto ao Senhor no qual prestou homenagem à professora Lourdes Nogueira.

Homenagem à professora Lourdes Nogueira O STBNB, às 18h, prestou justa homenagem à professora Lourdes Nogueira pelos relevantes serviços prestados à instituição durante mais de 30 anos como professora e diretora do Departamento de Música Sacra. Na ocasião foi aposta uma placa nomeando a sala de aulas onde ela exerceu a maior parte do tempo de suas atividades, como “Sala Dra. Lourdes Nogueira”. A professora Lourdes Nogueira é graduada em Música Sacra é pós-graduada em Música (Mestrado e Doutorado) pelo Seminário Batista de Louisville (EUA). Além disso, é ministra de música da Igreja Batista da Capunga, da Igreja Batista da Água Fria, e casada com o pastor Daniel Neves.

Culto solene de louvor e gratidão a Deus Além disso, houve um culto solene dirigido pelo pastor Ademar Paegle, capelão do STBNB, teve inicio às 19h30, com abertura processional do diretor geral, professores, orador e convidados, seguindo-se o cântico do Hino Nacional Brasileiro e a oração a Deus, que foi dirigida pelo diretor executivo de Missões Mundiais, o pastor João Marcos Barreto Soares. Nesta oportunidade o Coro Sinfônico do STBNB entoou melodias inspirativas sob a regência do maestro Apolônio Ataíde, acompanhado do Grupo de Flautas. Estiveram presentes pastores, alunos e ex-alunos do STBNB, dirigentes da instituições batistas do estado e o representante da Associação de Ex-alunos.

O diretor geral do STBNB, diácono Lyncoln Pereira de Araújo, destacou a trajetória do seminário, como instituição de ensino que, fundada a 109 anos pelo pioneiro Salomão Ginsburg, vem anualmente entregando à denominação obreiros aptos para o trabalho nas igrejas e nos campos de evangelização interno e externo. Destacou que as contas do STBNB estão equilibradas, não havendo déficit orçamentário, havendo sido alcançada matrícula de 544 alunos e havendo a espectativa de que no segundo semestre seja ultrapassado o número de 600 alunos, estando em curso uma campanha para doação de 150 carteiras escolares, para atender à demanda esperada.

O diretor geral do STBNB e o diretor executivo da JMM lançaram então a Campanha de Missões Mundiais 2011 no âmbito do seminário, envolvendo a instituição no programa missionário da Convenção Batista Brasileira.

O orador do culto foi o pastor João Marcos Barreto Soares, diretor executivo da Junta de Missões Mundiais da CBB, que trouxe a mensagem destacando que a existência do seminário é o cumprimento da Grande Comissão, com o preparo de obreiros para o envio para os campos. O orador destacou o fato de haverem sido preparados no STBNB os primeiros obreiros autóctones da Missões Mundiais oriundos da Ucrânia - Liubomyr Matveyev e Anatoly Shmilikowsky -, que hoje, juntamente com as respectivas esposas, coordenam o trabalho de 20 obreiros nativos na Ucrânia.

O STBNB recebeu, como presente do autor deste texto, um painel de fotopintura, elaborado pelo mestre Julio Santos, resgatando a memória visual da primeira turma de alunos formado pela instituição (1905), que foi afixado na Biblioteca William Carey Taylor.

O culto foi encerrado com a benção apostólica pelo pastor Ney Ladeia, presidente da Convenção Batista de Pernambuco, seguindo-se o cântico “Justo és Senhor” (Hino 2 CC).

Breve histórico da instituição O Seminário Teológico Batista do Norte do Brasil (STBNB), órgão da Convenção Batista Brasileira (CBB), foi fundado em 1º de abril de 1902, no Recife (PE), pelo missionário Salomão Ginsburg. Entregou à denominação os primeiros obreiros em 1905: Manoel Corinto Ferreira da Paz (Igreja Batista Gameleira), Eloy Correa de Oliveira (Igreja Batista Moganga), Manoel Olympio Cavalcanti (Igreja Batista Ilhetas), Augusto Felipe Santiago (Igreja Batista Gravatá) e José Francisco Piani (enviado para estudos de aperfeiçoamento nos Estados Unidos, retornando para ensinar no Colégio Batista e no Seminário Batista do Sul). Desde então o STBNB vem entregando anualmente à denominação obreiros aptos para o serviço da Causa. O STBNB foi criado e continua atuando no Recife, capital de Pernambuco, no centro do nordeste, como primeiro seminário batista da América Latina, pioneiro entre os evangélicos nas várias áreas do saber teológico.

O STBNB nasceu da visão do judeu-russo Salomão Ginsburg, missionário da Junta de Richmond (EUA), que, ao ser transferido do Rio de Janeiro para Pernambuco (1900), recebeu a incumbência de continuar a classe teológica com quatro alunos e iniciada por William Edwin Entzminger (1899). Aceitando o desafio, e desejando um seminário, a sua visão o levou a escrever (1899) que o salário de um missionário norte-americano daria para sustentar dois ou três pastores “nativos”, com a vantagem de eles falarem bem a língua e conhecer os costumes do povo, o que facilitou a comunicação. Ginsburg argumenta mais (1901) que o brasil batista deveria ser dirigido por brasileiros e não estrangeiros: “Irmãos, se o Brasil deve ser convertido, será com a participação ativa dos brasileiros. Portanto, permita-nos preparar homens, assim que em um futuro próximo eles possam ser capazes de tomar os nossos lugares”.

O STBNB, dirigido por missionários, destacando-se Salomão Ginsburg (o fundador) e seus sucessores Jefté Hamilton, David Hamilton, Harvey H. Muirhead e William C. Taylor, teve em John Mein e no seu filho David Mein dois expoentes da educação teológico no Brasil, que dirigiram a instituição durante 42 anos, mais de um terço da vida da instituição. Os diretores David Miller e John Ramsay e os pastores nacionais José Almeida Guimarães, Zaqueu Moreira de Oliveira, Merval de Souza Rosa e Roberto Schuler, e agora o diácono Lyncoln Pereira de Araújo, fecham o ciclo dos dirigentes desta instituição, que, mais do que administrá-la, se doaram de corpo e alma à tarefa de preparar mais de 2.700 alunos aptos para servir na Seara do Senhor no estado, no Brasil, noutros países da América do Sul, da América Central, da América do Norte, da Europa, da Ásia e da África.

Ao Senhor sejam dadas honra e glória e louvor, desde agora e para sempre. Amém!

Primeira turma do Seminário do Norte (1905) O seminário batista, fundado em 1º de abril de 1902, formou sua primeira turma em 1905, composta dos cinco alunos que foram ocupar sua missão no trabalho batista: Eloy Correia de Oliveira, Manoel Olympio Cavalcanti, Manoel Corinto Ferreira da Paz, Augusto Felipe Santiago e Jose Francisco Piani.  

'